Festival Clipes e Bandas com Marina Lima e As Bahias e a Cozinha Mineira, em março na Audio

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 fevereiro, 2017 11:04

No dia 10 de março acontece a grande final da quinta edição do Festival de Clipes e Bandas em São Paulo.  O projeto que revela novos talentos na música e no audiovisual preparou uma noite especial para o público paulistano. Com preços populares de R$ 5 (R$ 2,5 meia-entrada) para pista e R$ 25 (R$ 12,50) para o camarote, a noite de apresentações únicas acontecem na Audio com os shows de Marina Lima e As Bahias e a Cozinha Mineira, que terão abertura das cantoras Mari Blue e Taís Feijão, ganhadoras escolhidas por cada uma das artistas respectivamente.

E pra noite ficar completa, entre as apresentações, haverá DJ set de Rodrigo Bento e sua Pilantragi, uma das maiores festas da atualidade na capital quando o assunto é música brasileira.

O Festival de Clipes e Bandas tem o patrocínio da Vivo, Governo do Rio, da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Programa de Ação Cultural – ProAC, além de Trident, Halls e Lacta 5Star.

Foram mais de 2350 inscritos de todos os cantos do país e algumas inscrições internacionais, que passaram antes por uma triagem do comitê de curadores do Festival de Clipes e Bandas. Os destaques de cada mês puderam se apresentar em pontos de referência para a música alternativa da cidade. Em São Paulo, as apresentações aconteceram no Centro Cultural Rio Verde e na Casa do Mancha, sempre com entrada gratuita.

Quem abre a noite é Taís Feijão. A cantora mistura ritmos brasileiros com o Jazz, trazendo uma singularidade de sons. Sua carreira começou, quando, ainda pequena, despertou a curiosidade pelos sons do violão, o qual tinha que praticar escondido. Taís buscou ampliar seus conhecimentos, estudou três anos no conservatório de música Villa Lobos e especializou-se em guitarra. As composições vieram de acordo com as experiências e sensibilidades do simples sentir, que hoje mostram e levam o ouvinte a ter reflexões íntimas e impactantes.

As Bahias e a Cozinha Mineira abrem a noite, com o seu disco que vem sendo sucesso da crítica especializada e coloca a banda em lugar de destaque na cena contemporânea atual. Elas apresentam “Etc & Tal”, o show que já circulou em todo país e que traz referência à composição de Caetano Veloso, “Da Maior Importância”, fundamentada no universo feminino.

O repertório do show é pautado no disco de estreia da banda, intitulado “Mulher”, que foi lançado em outubro de 2015. As músicas, contudo, ganharam novas roupagens. “Isso tudo partiu da nossa vontade de ter uma apresentação nova com um trabalho mais minucioso em termos de novos arranjos, reconstruir as nossas canções e fazer com que elas sejam resignificadas diante de tudo o que fizemos até aqui”, afirma Raquel, antes de completar: “Também foi um processo de incluir composições que não são nossas, mas que se adequam perfeitamente na narrativa do espetáculo”.

A banda As Bahias e a Cozinha Mineira é formada por Assucena Assucena (compositora e interprete), Raquel Virgínia (compositora e interprete), Rafael Acerbi (arranjador e guitarrista), Rob Ashtoffen (baixista), Carlos Eduardo Samuel (tecladista), Vitor Coimbra (baterista) e Danilo Moura (percussionista).

Mari Blue é a segunda ganhadora a se apresentar. Escolhida por Marina Lima para abrir seu show, a cantora e compositora apresenta canções do seu segundo álbum independente “Fruto da Flor”, lançado no segundo semestre de 2016. As músicas, compostas pela artista, fazem uma fusão entre o Rock, MPB e Pop, explorando a delicadeza e voracidade de uma voz que canta suas próprias desconstruções, valorizando a dúvida e a sabedoria individual. O show tem direção musical do violoncelista italiano Federico Puppi, que também toca na banda junto com João Cantiber (guitarra/baixo), Mário Wamser (guitarra/baixo) e Gabriel Barreto (bateria). Mari comanda os teclados/pianos e voz.

Com hits que são entoados por gerações, a carioca Marina Lima encerra a noite da final apresentando o espetáculo “Três” ao lado da dupla Strobo. Composta por Arthur Kunz e Léo Chermont, a banda paraense e Marina Lima se aproximaram nos fins de 2015, quando ela lançava o álbum “No Osso”, gravado do seu show ao vivo. A música “Partiu” era o carro-chefe, e o Strobo fez uma releitura eletrônica da faixa. Ela adorou e ali se iniciou a parceria deles.

“Sou uma artista inquieta. São várias personas musicais. Por exemplo, o que os álbuns ‘Todas Ao Vivo’, ‘Marina Lima’ ou ‘Pierrot do Brasil’ podem ter em comum? Eu. Musicalmente eles diferem entre si. É nessa brecha que o Strobo entra. Venho de um disco de voz e violão, ‘No Osso’. E confesso estar louca de saudades das programações, levadas, timbres, dessa loucura que me faz querer dançar. O Strobo me desperta isso. Por isso esse encontro, nossa parceria e agora esse show”, diz Marina. “Três” é um show que conta tanto com repertório dos discos da banda Strobo quanto com sucessos da Marina revistos pelos três artistas. Há ainda parcerias inéditas dos três.

SERVIÇO
Final do Festival de Clipes e Bandas
Com shows de Marina Lima e As Bahias e a Cozinha Mineira e abertura de Taís Feijão e Mari Blue; DJ Set Pilantragi (Rodrigo Bento)
Data: Sexta-feira, 10 de março de 2017, a partir das 21h
Audio Club
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca – São Paulo – SP
Telefone: 11 3862-8279
Site: www.audiosp.com.br
Capacidade: 2.500 pessoas
Censura: 18 anos
Valores: R$ 10 (R$5 meia entrada) pista e $25,00 (12,50 meia entrada) camarote
Vendas: https://www.ticket360.com.br/evento/6669/festival-de-clipes-e-bandas
A casa aceita todos os cartões, exceto Hipercard
Não tem estacionamento no local
Chapelaria
Ar-condicionado
Acesso para PNE
Wi-fi grátis mediante cadastro online

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 fevereiro, 2017 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec