Cineasta Jean-Claude Bernardet ganha exposição inédita no MIS

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 agosto, 2016 12:53

Agosto será um mês especial para o cinema: Jean-Claude Bernardet completa 80 anos, e seu aniversário será celebrado com uma exposição no MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. No dia 4, o Museu, em parceria com a Vitrine Filmes, inaugura Bernardet em cartaz, uma exposição com pôsteres dos filmes em que Jean-Claude participou ao longo dos mais de 50 anos de carreira dedicada ao cinema.

MIS-Exposição Bernardet em cartaz-1

São 12 cartazes originais, incluindo de Fome, seu novo trabalho que estreia nos cinemas no mesmo dia (4.8): Amador, Hamlet, Periscópio, Filmefobia, A Navalha do Avô, Hoje, Através da Janela, Um Céu de Estrelas, O Caso dos Irmãos Nave, Agreste e Música Perfeita para o Suicídio.

A exposição, que tem entrada gratuita, acontece nas escadarias do MIS e segue em cartaz até o dia 4 de setembro.

Sobre Jean-Claude Bernardet

Nascido na Bélgica, de família francesa, Jean-Claude passou a infância em Paris, e veio para o Brasil com sua família aos 13 anos, naturalizando-se brasileiro em 1964. É diplomado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (Paris) e doutor em Artes pela ECA (Escola de Comunicações e Artes) da USP. Interessou-se por cinema a partir do cineclubismo, e começou a escrever críticas no jornal O Estado de S. Paulo a convite de Paulo Emílio Salles Gomes. Tornou-se grande interlocutor do grupo de cineastas do Cinema novo, e especialmente de Glauber Rocha, que rompeu com ele a partir da publicação de Brasil em Tempo de Cinema (1967). Foi um dos criadores do curso de cinema da UnB, em Brasília, e deu aulas de História do Cinema Brasileiro na ECA, até se aposentar em 2004. Além de sua importância como teórico, é também ficcionista, com quatro volumes publicados. Participou de vários filmes, como roteirista e assistente de direção, eventualmente como ator em pequenos papéis. Nos anos 1990 dirigiu dois ensaios poéticos de média-metragem: São Paulo, Sinfonia e Cacofonia (1994) e Sobre Anos 60 (1999).

SERVIÇO

Exposição Bernardet em cartaz

DATA 04.08 a 04.09
HORÁRIO terças a sextas, das 12 às 20h; sábados, domingos e feriados das 11h às 19h
LOCAL Escadarias – térreo e acesso ao primeiro e segundo andares
INGRESSO gratuito
CLASSIFICAÇÃO livre

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 12 | Valet: R$ 18 [Conveniado]

Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.
A exibição acontece no dia 23 de julho, sábado, às 20h, no Auditório MIS (172 lugares). O ingresso, gratuito, deve ser retirado com 1h de antecedência na bilheteria do Museu.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 agosto, 2016 12:53


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook