Cine Conhecimento estreia temporada com mostra de filmes da Argentina, Brasil, Chile e Colômbia

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 setembro, 2015 16:35

Cine Conhecimento estreia temporada com mostra de filmes da Argentina, Brasil, Chile e Colômbia

No próximo dia 5 (sábado), 22h, o Futura lança nova temporada do Cine Conhecimento com uma seleção de filmes latino-americanos. Na estreia, a apresentadora Lorena Calábria entrevista a cineasta Lúcia Murat, que assina um dos 14 longas-metragens da mostra, A memória que me contam, sobre a ditadura militar brasileira. “O cinema latino-americano tem uma identidade, mas, ao mesmo tempo, apresenta grandes diferenças regionais. É uma diversidade muito grande”, observa Murat, que contabiliza 30 anos de carreira.

A programação – que reúne diretores experientes e estreantes – faz parte da comemoração dos 18 anos do Futura, celebrados em setembro. A temporada conta com filmes como Cinema, aspirinas e urubus, do brasileiro Marcelo Gomes; Bem perto de Buenos Aires – A História do Medo, do argentino Benjamín Naishtat; Ilusões Óticas, do chileno Cristián Jiménez; e 180 segundos, do colombiano Alexander Giraldo.

Além da exibição, o Cine Conhecimento traz informações sobre as produções, como curiosidades de bastidores, premiações, perfil dos profissionais e análise de linguagens, fazendo um painel dos comportamentos e diferenças culturais.

A nova temporada terá também mais duas coletâneas, no ar a partir de dezembro. O documentarista Joel Pizzini e o crítico de cinema Pablo Villaça comentarão, respectivamente, os longas-metragens do italiano Roberto Rossellini, como Roma, cidade aberta, e outros grandes clássicos – Cantando na chuva, Gene Kelly e Stanley Donen, e Uma rua chamada pecado, de Elia Kazan, dentre outros.

NOVA TEMPORADA DO CINE CONHECIMENTO

Estreia: 5 de setembro, sábado, 22h
Exibição: sábados, 22h
Reprise: domingo, 22h

Próximas exibições:
5 de setembro, sábado, 22h

Cinema, aspirinas e urubus

Direção: Marcelo Gomes
Produção: Brasil (2005)
Elenco: João Miguel, Peter Ketnath
Classificação indicativa: 14 anos

Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann (Peter Ketnath), alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho (João Miguel), um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio “milagroso” para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.

12 de setembro, sábado, 22h

Medianeras – Buenos Aires na era do amor virtual
Direção: Gustavo Taretto
Produção: Argentina (2011)
Elenco: Pilar López de Ayala, Mariana, Javier Drolas, Inés Efron, Rafael Ferro
Classificação indicativa: 12 anos

Mariana, Martin e a cidade. Os dois vivem na mesma quadra, em apartamentos um de frente para o outro, mas nunca conseguem se encontrar. Eles se cruzam sem saber da existência do outro. Ela sobe as escadas, ele desce as escadas; ela entra no ônibus, ele sai do ônibus. Eles frequentam a mesma vídeo locadora, sempre com um stand de filmes os separando. Eles sentam na mesma fileira em um cinema, mas a sala é escura. A cidade que os coloca juntos é a mesma que os separa.

19 de setembro, sábado, 22h

Gordo, Calvo e Baixo
Direção: Carlos Osuna
Produção: Colômbia (2011)
Elenco: Álvaro Bayona, Fernando Arevalo, Jairo Camargo, Julio Medina
Classificação indicativa: livre

A vida de Antônio parece muito injusta. No trabalho nada acontece, os colegas estão sempre provocando e ele não costuma se dar muito bem com as mulheres. Mas a sorte de Antônio talvez esteja mudando: ele agora participa de um grupo de autoajuda e, além disso, o novo chefe da empresa se parece muito com ele.

26 de setembro, sábado, 22h

Tapete Vermelho
Direção: Luís Alberto Pereira
Produção: Brasil (2005)
Elenco: Jackson Antunes, Paulo Betti, Rosi Campos, Debora Duboc
Classificação indicativa: livre

Quinzinho mora numa roça distante dessas que quase nem existem mais. Ele fez uma promessa para seu pai e agora tem que cumprir: levar o seu filho, menino de 10 anos, para assistir a um filme de Mazzaropi em um cinema, nos dias atuais. Com a mulher Zulmira, o filho Neco e o burro Policarpo, ele viaja pelas cidades para cumprir seu objetivo. Atrás de seu ídolo Mazzaropi, o possível e o impossível acontecem com Quinzinho e sua família.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 2 setembro, 2015 16:35


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!