Yhago Sebaz lança clipe “Vou Embora”, abordando amores e despedidas

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 fevereiro, 2019 10:01

Yhago Sebaz lança clipe “Vou Embora”, abordando amores e despedidas

Após se mudar para São Paulo, o cantor e compositor maranhense Yhago Sebaz começou a refletir sobre as coisas que teve de deixar para trás para seguir em busca de seus sonhos e como despedidas são difíceis. Seja de um lugar, uma pessoa amada ou família. Essa dor é o mote de “Vou Embora”, single que chega às plataformas de música digital e ganha clipe.

Yhago nasceu e se criou em São Luís, onde tem uma trajetória artística desde a infância. Cresceu no teatro e na dança e descobriu a paixão pela música durante a adolescência. Em 2014, lançou o albúm “#NegoBeats”, que enaltecia a música negra e trazia elementos da musicalidade maranhense. Atualmente em nova fase da vida após sua mudança, ele trabalha em novas canções com influências do soul, blues e hip hop com uma roupagem pop e urbana, refletindo a negritude sob o olhar de um artista que não esconde o orgulho de ser negro, gay e nordestino.

Isso começou a ficar evidente no single “Em Cima de Mim” e ganha força no novo single. A sonoridade agora se apoia na música negra, trazendo beats de hip hop, trap, Miami bass, zouk, guitarras de blues, reggae e elementos de percussão do samba, funk e ritmos afro. Eles formarão no futuro o EP “Meio Amargo”, com a intenção de aproximar as decepções amorosas e reflexões existenciais das letras com uma sonoridade pop afrofuturista. Isso fica claro em “Vou embora”.

“Essa é uma das minhas canções mais introspectivas, fiz a música assim que me mudei. Foi uma escolha difícil, que veio logo depois de um período muito turbulento na minha vida. Toda essa experiência me fez amadurecer muito em relação aos meus sentimentos, em relação à força que existia em mim, compreender o poder do perdão”, conta Sebaz.

O clipe, dirigido por Beni Ktt, é estrelado por um casal amigo de Yhago que leva para o plano principal momentos simples de amor e carinho de uma relação a dois.  Em contraste com o peso da letra e as imagens de Sebaz, as tomadas apaixonadas ganham sentido de lembranças de uma história que foi feliz um dia, mas chegou ao fim. O vídeo traz também a temática da normatização das relações homoafetivas, tão importante em meio às atuais lutas políticas.

“A capa do single traz a simbologia das borboletas. A borboleta-monarca é um mistério da ciência, pois ela faz uma longa viagem, sem volta. Além disso, a borboleta traz consigo a simbologia da transformação, da evolução”, reflete Yagho. “Talvez uma das maiores dores que podemos sentir é a de abandonar algo que amamos.”

Atualmente em fase de finalização, o EP “Meio-Amargo” conta com produção musical de Memel Nogueira, DJ Alladin, Pupoico, Brunoso e Tainan. “Vou Embora”  já está disponível em todas as plataformas de música digital.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 fevereiro, 2019 10:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

A Espiã Vermelha

Facebook

Kardec