Luis Lobianco se divide entre Carlinhos e Carlão em novo filme de Pedro Amorim

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 27 setembro, 2017 13:55

O contraste entre ser um homem homofóbico durante o dia e um gay extrovertido e carismático à noite será o contorno do primeiro papel de protagonista de Luis Lobianco nos cinemas. O ator e comediante brasileiro, que já participou de filmes como “Tim Maia – O Filme”, “Trash”, “Entre Abelhas” e “Desculpe o Transtorno”, será o personagem principal do longa-metragem Carlinhos e Carlão, com direção de Pedro Amorim (“Mato Sem Cachorro”, “Superpai”, “Divórcio”). O filme, que está sendo rodado no Rio de Janeiro, tem produção da Migdal Filmes, coprodução de Telecine e Fox Film do Brasil e distribuição da Downtown Filmes.

No filme, o protagonista precisará aprender a derrubar rótulos para superar seus preconceitos. Carlão (Lobianco) trabalha em uma concessionária de carros com Cadinho (Marcelo Flores), Zeca (Saulo Rodrigues), Ediney (Victor Lamoglia) e Antunes (Pedro Monteiro). Ele, que se gaba por ser o maior entendedor de mecânica e o melhor do futebol entre eles, frequenta diariamente o mesmo bar com os colegas após o expediente, sempre em meio a conversas machistas e piadas homofóbicas. O que Carlão não esperava é que uma das vítimas dessas piadas, Evaristo (Luís Miranda), atendente de uma loja de departamentos, iria o perseguir e, com a ajuda de comparsas, prendê-lo em um armário mágico. É lá dentro que Carlão vai se transformar em… Carlinhos.

Com a mudança repentina, surgem dois personagens no roteiro escrito por Carolina Castro e Célio Porto: durante o dia, o machão Carlão e, à noite, com a ativação da magia que lhe foi incorporada, Carlinhos, um gay simpático, carismático, talentoso e que diverte a todos. Um pocket show de Carlinhos, em um feirão noturno da concessionária, viraliza nas redes sociais e, com isso, Carlão começa a sentir na pele o que é ser vítima de homofobia. Não só com os amigos, mas também com a família, formada por um pai (Otávio Augusto) e um irmão (Cláudio Mendes) igualmente machistas e preconceituosos.

“Carlinhos e Carlão” mostrará a oposição entre os dilemas de Carlão, que tentará fazer de tudo para acabar com o feitiço do armário enquanto tenta disfarçar sua mudança para família e amigos, e os momentos agitados e divertidos de Carlinhos, que à noite se torna amigo do garçom Guga (Suzy Brasil) e da dona do bar Glorinha (Thati Lopes, companheira de Lobianco no Porta dos Fundos), antes contrários ao comportamento de Carlão. O elenco ainda traz nomes como Thiago Rodrigues, interpretando o gerente da concessionária de carros, e Letícia Isnard, como a cunhada de Carlão.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 27 setembro, 2017 13:55


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos