Novo calabouço de Elsworld será o único caminho para conseguir a arma mais poderosa do jogo

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 abril, 2017 15:27

Uma grande novidade vai agitar o universo de fantasia de Elsword, MMO (massively multiplayer online) de ação com elementos dos gêneros plataforma e luta que é publicado no Brasil pela LEVEL UP. O calabouço “Teoria de Fusão Energética do Add” já está disponível e é o único caminho para que os jogadores consigam a Arma do Apocalipse, a mais poderosa do game.

Em Elsword, os calabouços são como as fases do jogo, e o inédito “Teoria de Fusão Energética do Add” é dividido em cinco etapas, sendo que a última delas, abriga o chefe final, “Apocalipse do Vazio”. Os jogadores que vencerem o inimigo derradeiro terão a chance de obter itens do Apocalipse, mas precisarão de sorte, já que a recompensa pela vitória pode ser a arma mais poderosa do jogo, mas também poderá ser um disco de energia de níveis variados – usado para aprimorar a arma–, ou outro item aleatório.

Para jogar “Teoria de Fusão Energética do Add”, que fica no mapa Altera, os jogadores precisam ter nível de progressão superior a 90 e de item acima de 160. O novo calabouço é permanente, só pode ser explorado em modo solo e para chegar ao final os usuários têm apenas três vidas. Durante as batalhas, só é possível utilizar poções, elixires e mascotes.

Até 11/04, os jogadores também terão acesso a eventos especiais relacionados ao novo calabouço. Diariamente, são oferecidos a usuários com nível acima de 80 uma missão cujo prêmio é um Cubo da Teoria da Fusão, que, ao ser aberto, pode ter cinco prêmios diferentes, além do Anel de Fusão, que só aparece uma vez para cada conta e pode ser usado para melhorar atributos do personagem em diversos aspectos, como magia, dano e resistência.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 abril, 2017 15:27


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

A Vigilante do Amanhã


A Cabana