Ponami, RPG de plataforma com temática indígena chega a PlayStore

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 março, 2017 12:33

A Jogos Aurora, estúdio brasileiro de desenvolvimento de jogos localizado em Mato Grosso do Sul, anuncia o lançamento do jogo Ponami. O RPG de plataforma contará a história da jovem arqueira Ponami e estará disponível para dispositivos Android no dia 20 de março.

Inspirado nos jogos de plataforma da década de 90 e nas mecânicas dos RPGs clássicos, em Ponami, o jogador irá vivenciar uma aventura épica baseada nos mitos da cultura indígena das Cordilheiras. Ponami é uma guerreira que cresceu no povoado da Cordilheira de Sajor, uma civilização próspera que foi atacada por criaturas místicas chamadas Talástreas.

Diferente da maioria dos jogos para celular, em Ponami o jogador irá encontrar um roteiro original e complexo, além de um conceito artístico criado para impressionar e cativar o público.

“Nós estudamos muito a cultura inca, seus mitos e expressões artísticas para produzir o jogo e deixa-lo o mais fiel possível”, explica Marina Torrecilha, artista do jogo. “Tudo o que o jogador encontrará em Ponami está alí por uma razão e tem papel importante na construção da narrativa ou na imersão”, completou.

O objetivo por trás do desenvolvimento de Ponami era criar um jogo com uma história completa, bem elaborada, com personagens cativantes e uma trilha sonora imersiva.

“Sempre gostamos dos jogos com histórias complexas e acreditamos que a América Latina é a região mais rica em mitologias e folclores, por isso se tornou nossa inspiração”, afirmou Pedro Schabib, programador e level designer em Ponami.

O jogo será lançado no dia 20 de março e estará disponível gratuitamente na PlayStore. Ainda serão lançados mais cinco mundos em formato de DLC gratuita que expandirão o universo de Ponami para outras culturas e civilizações.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 março, 2017 12:33


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel