Diretor Argentino do premiado “Las Acacias” começa a filmar seu novo projeto em coproducão com o Brasil

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 junho, 2016 10:33

No próximo dia 13 de junho começam as filmagens de “INVISIBLE”, segundo longa-metragem de Pablo Giorgelli, diretor do premiado “Las Acacias”, vencedor do prêmio Câmera D’or no Festival de Cannes 2011.

INVISIBLE-Pablo-Giorgelli

O longa é uma coprodução Brasil-Argentina e o elenco será formado por atores argentinos, uruguaios e brasileiros, como Mora Arenillas (Argentina), Mara Bestelli (Argentina), Fabiana Uria (Brasil), Estrela Straus ( Brasil) e Andres Schaffer (Brasil).

O filme é coproduzido pelas produtoras paulistas Sancho Filmes e Punta Colorada de Cinema, e será distribuído pela da Vitrine Filmes.

“INVISIBLE retrata um processo interior de Ely, uma adolescente de 17 anos, desde o momento em que ela descobre que está grávida até o momento que em que ela decide se vai ou não virar mãe. É um filme do tempo presente, concreto, direto. Mostra a rotina de Ely e fala sobre ser filha e ser mãe, sobre a fronteira entre adolescência e a vida adulta e esse limite difuso entre as duas fases onde uma pessoa se transforma em outra”, explica o diretor Pablo Giorgelli.

A maior parte do filme vai ser filmado no bairro operário de La Boca em Buenos Aires, onde o diretor Pablo Giorgelli nasceu e cresceu. “Até meus 20 e poucos anos vivi em um conjunto habitacional. Minha mãe e eu morávamos no mesmo apartamento. Eram quase 40 torres de apartamentos todos iguais, só as cores os diferenciavam. Os prédios se conectavam por jardins, praças e alamedas. Uma pequena vila dentro de Buenos Aires. Mais de 15.000 pessoas viviam ali. Era um mundo a parte. O filme tem sua origem dentro desse lugar. ‘INVISIBLE’ foi inspirado em todas as pessoas que conheci enquanto morava ali e claro, em minha família”, complementa o diretor.

“INVISIBLE” conta a história de Ely, uma jovem de 17 anos que vive com sua mãe, Susana, em um pequeno apartamento de um bairro de conjuntos habitacionais de Bueno Aires (La Boca). Ely mantém uma relação distante e silenciosa com sua mãe e cuida do funcionamento cotidiano da casa, através da sua rotina e o trabalho diário num Pet Shop do bairro. Ely está secretamente apaixonada por um homem mais velho, Raúl, que é casado, tem dois filhos e é seu chefe na veterinária.

Quando se dá conta de que está grávida, seu mundo interior explode, e embora Ely se empenhe em sustentar sua rotina como se nada estivesse ocorrendo, a angustia a consome. Ela pensa em não ter seu bebê, mas esta em dúvida; tem 17 anos, está com medo e sabe que qualquer das duas decisões possíveis não tem volta.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 junho, 2016 10:33


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!