Artistas da Casa Nuvem e o cientista Edgar Morya discutem novas tecnologias e humanismo no último debate de Arte & Ciência

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 novembro, 2015 10:03

Como os estudos e as pesquisas sobre o funcionamento cerebral podem contribuir para o bem estar humano e o que esperar para o futuro? À luz das novas tecnologias, ainda podemos falar em humanismo ou o próprio sentido do humano está se desconstruindo? Quais os caminhos da arte?

Para responder a essas questões o Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro reúne os artistas plásticos Lívia Diniz, Eduardo Bonito e o cientista Edgard Morya, da equipe de Miguel Nicolelis, no último debate do ciclo Arte & Ciência, que acontece no dia 25 de novembro, a partir das 18h30. Com o tema O Futuro do Humano, o debate é gratuito e conta com a mediação da jornalista Nayse López.

Numa série de sete encontros mensais, o ciclo teve por objetivo discutir questões estimulantes e atuais, como os dilemas éticos envolvidos nas pesquisas genéticas; o poder das artes e da música para o bem-estar psicológico; as fronteiras filosóficas da física e da cosmologia; as relações entre a lógica não-clássica e a arte, etc.

Além de Morya, Eduardo Bonito e Lívia Diniz, participaram do ciclo, nomes de prestígio no meio científico, artístico e intelectual, como os neurocientistas Ivan Izquierdo e Esper Cavalheiro; o músico José Miguel Wisnik; o escritor Silviano Santiago; os físicos Luiz Pinguelli Rosa e Rogério Rosenfeld; os filósofos Marcia Tiburi, Antonio Cicero e Olgária Matos; a biogeneticista Mayana Zatz; o matemático Francisco Antonio Dória; o artista plástico Arthur Omar.

SERVIÇO
Evento: Arte & Ciência
Patrocínio: Banco do Brasil
Apoio: Centro Cultural Banco do Brasil
Idealização/Curadoria: Beatriz Carolina Gonçalves

Debate: O Futuro do Humano
Data: 25.11.2015 – Quarta-feira
Horário: 18h30 às 20h30
Debatedores: Edgard Morya, Lívia Diniz e Eduardo Bonito
Local: Centro Cultural Banco do Brasil / Auditório 4º and.
Endereço: Rua Primeiro de Março 66, Centro
tel.: 21 3808-2020)
Classificação indicativa: 12 anos
ENTRADA FRANCA – mediante retirada de senha, distribuída com uma hora de antecedência.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 novembro, 2015 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec