Sesc São José dos Campos recebe o espetáculo Má Pele

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 13 outubro, 2015 15:08

Sesc São José dos Campos recebe o espetáculo Má Pele

No próximo sábado, dia 17, às 20h, o grupo de teatro “4NARUAÉ8” sobe ao palco do Sesc São José dos Campos para apresentar a peça Má Pele.

Construída a partir de depoimentos e pesquisas históricas sobre o Preventório de Jacareí, a obra narra o drama de 4 crianças, todas filhas de pais hansênicos e que foram internadas compulsoriamente no local pelo governo paulista no começo do século XIX.

É nesse cenário que o público passa a conhecer todos os estigmas de quem sofre da doença, conhecida também como lepra, a luta dos filhos não infectados, mas forçados a viver longe de seus familiares, e a busca dos relacionamentos e identidades perdidos.

“Durante a criação do espetáculo, a questão da pele ficou muito latente. A identidade visual do projeto se dá a partir do conceito que o órgão é formado por camadas, reverberando em nosso cenário e figurino” diz Lucila Andreozzi, uma das atrizes em cena.

“Sentar-se junto a uma criança nos leva e experienciar um mundo absolutamente sem limites, sentar-se junto a uma pessoa que viveu uma infância preventorial onde a liberdade foi cerceada, nos transporta a uma infância completamente atípica e nos convida a refletir os efeitos dessa alienação parental”, conclui Lucila.

A dramaturgia acontece na sobreposição das camadas narrativas, construídas na junção dos depoimentos de ex-internos e dos atores, das músicas e também do uso de imagens da época, projetadas no cenário.

Cenicamente, “Má Pele” aborda distintas histórias vivenciadas em um lugar onde todos são vistos como iguais, ao mesmo tempo em que tentam extinguir sua individualidade.

Sobre os Preventórios

No inicio dos anos de 1930, o Brasil vivia a Era Vargas, e em meio a um surto de lepra o governo opta pela segregação compulsória dos doentes e suas famílias.

Especificamente, o Estado de São Paulo organiza um tripé profilático baseado em: Asilos-colônia para os doentes, os dispensários onde eram realizados exames períodos de todos aqueles que se suspeitasse algum sintoma da Hanseníase e os Preventórios destinados aos filhos saudáveis de pais hansênicos.

Essas Instituições tinham como principio o afastamento do indivíduo da sociedade considerada sadia, dessa forma segregou doentes e também todos aqueles que possuíam parentescos com os doentes, mesmo sendo saudáveis.

SERVIÇO
Má Pele
Data: 17, sábado, às 20h
Sesc São José dos Campos
Endereço: Av. Adhemar de Barros, 999 – Jd. São Dimas
Auditório
Preço R$ 5,00 a R$ 17,00
Recomendação etária 14 anos

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 13 outubro, 2015 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!