A&E anuncia estreia mundial de dois especiais sobre o caso O.J. Simpson, 20 anos após o veredito final

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 outubro, 2015 16:46

A&E anuncia a estreia de dois especiais, de duas horas de duração cada, que oferecem um acesso sem precedentes aos processos civil e criminal contra O.J.Simpson. No vigésimo aniversario do veredito criminal, o canal estreia mundialmente O.J.Simpson: A História que Nunca foi Contada (The Secret Tapes of the O.J. Case: The Untold Story) e O.J. Simpson: Testemunhos Ocultos (O.J. Speaks: The Hidden Tapes), incluindo entrevistas com amigos íntimos do então casal, Robert Kardashian e Kris Kardashian Jenner e integrantes da família das vítimas.

OJ_1996 Interview_In Front of Mirror_low

No dia 3 de outubro de 1995, o “julgamento do século” dos Estados Unidos terminou com a absolvição de O.J. Simpson das acusações de assassinato de Nicole Brown Simpson e Ronald Goldman. Duas décadas depois, gravações e entrevistas impactantes nunca antes escutadas serão reveladas. Lawrence Schiller, diretor de cinema, escritor e homem de confiança de Robert Kardashian, compartilhará seu acesso único e exclusivo ao caso e ao julgamento de Simpson.

O.J. Simpson: A História que Nunca foi Contada (12/10) revelará uma nova informação sobre os acontecimentos que permearam o julgamento penal e as diversas faces da personalidade de O.J., por meio de declarações do próprio Simpson, nunca antes divulgadas. O especial expõe depoimentos perturbadores sobre os pensamentos, sentimentos e comportamentos de O.J., antes, durante e depois do julgamento. Pela primeira vez em 20 anos, será possível escutar uma gravação de áudio que O.J. secretamente fez antes da famosa perseguição em sua caminhonete Bronco. O especial traz entrevistas com os principais envolvidos nos dois lados do caso, incluindo discussões extensas e francas com Robert Kardashian e Kris Kardashian Jenner.

Photo_By_Lawrence_Schiller_1_low

O.J. Simpson: Testemunhos Ocultos (13/10) dá acesso único ao julgamento civil, que apontou Simpson responsável pelas mortes de Nicole Brown Simpson e Ronald Goldman. Os telespectadores terão acesso exclusivo a depoimentos – fitas que ficaram ocultas por quase 20 anos. Os produtores executivos Stephen Auerbach e Chuck Braverman trabalharam em colaboração com Fred Goldman (pai de Ron) para obter essas fitas reveladoras. Membros da família das vítimas, incluindo Fred, e integrantes da equipe judicial do julgamento civil, como Daniel Petrocelli, foram entrevistados com exclusividade para o especial.

Os dois especiais foram produzidos pela ABS Produções para A+E Networks.  Stephen Auerbach, Chuck Braverman e Lawrence Schiller são produtores executivos da ABS Produções. Laura Fleury e Peter Tarshis são produtores executivos para a A+ E Networks.

Sobre os personagens:

O.J. Simpson
O.J. Simpson é um jogador aposentado de futebol americano, comentarista, ator e criminoso condenado. Em 1995, ele foi absolvido das acusações de assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown Simpson e de Ronald Goldman, após um julgamento longo e de repercussão internacional. Em setembro de 2007, Simpson foi preso em Las Vegas, Nevada, e acusado de muitos crimes, incluindo assalto à mão armada e sequestro. Em 2008 ele foi considerado culpado e sentenciado a 33 anos de prisão, com no mínimo nove anos sem direito a fiança. Ele cumpre a sentença na Lovelock Correctional Center, em Lovelock, Nevada.

Nicole Brown Simpson (assassinada)
Nicole Brown Simpson era a ex-mulher do jogador profissional de futebol americano O.J. Simpson. Ela foi assassinada em sua casa, em Brentwood, Los Angeles, California, junto com seu amigo, o garçom Ronald Goldman.

Ronald Goldman (assassinado)
O garçom americano Ronald Lyle “Ron” Goldman foi morto junto com Nicole Brown Simpson, em 1994, na casa dela, em Brentwood, Los Angeles. O crime causou a investigação e prisão do ex-jogador de futebol americano e ator O. J. Simpson.

photo_by_lawrence_schiller_3_low

Kris Kardashian Jenner
Apesar de frequentemente entrevistada, nunca falou sobre o caso de forma tão profunda
Amiga íntima de O.J. e Nicole Brown Simpson; ex-mulher de Robert Kardashian (confidente mais próximo de O.J.). Sua família e a de Simpson eram tão próximas que parecia “uma única família”, já que compartilhavam vários momentos íntimos e importantes juntos. Poucas pessoas testemunharam tão de perto a ascensão e queda desse ícone americano.

Lawrence Schiller
Exclusivo para o 20º aniversário do crime. Não era entrevistado há 10 anos
Famoso jornalista e cineasta, Schiller se alinhou com a equipe de defesa e foi ghost-writer do livro I WANT TO TELL YOU, de O.J. Simpson. Ele também escreveu o best-seller AMERICAN TRAGEDY: The Uncensored Story of the Simpson Defense, sobre a defesa de Simpson – um dos livros mais vendidos segundo o New York Times. Schiller fez entrevistas em áudio com Robert Kardashian e registrou conversas com vários advogados de defesa e, mais incrivelmente, com O.J. Simpson, enquanto ele estava preso esperando ser julgado. Schiller foi o único jornalista a ter esse nível de acesso. Ele também conta detalhes da história sobre a luva usada no crime; e relata que Simpson havia parado de tomar sua medicação anti-inflamatória contra artrite um mês antes do assassinato, o que teria feito as mãos dele incharem. Muitos consideram que o ponto de virada do julgamento aconteceu quando Simpson demonstrou ao júri que as luvas não serviriam.

Daniel Petrocelli
Advogado da família Goldman no julgamento civil. Na época, ele trabalhava no escritório de advocacia Mitchell, Silberberg and Knupp. Antes do caso, Petrocelli só havia advogado para empresas, e inicialmente não queria assumir o caso porque estava fora de sua especialidade. Ele achava que seria como um segundo julgamento por assassinato. Mas assim que conheceu Fred, decidiu entrar no jogo. Dan encarou o caso como se estivesse fazendo justiça pelo próprio filho. Seu papel em conseguir a vitória do julgamento civil para a família Goldman o catapultou para a fama. Desde o caso de O.J. Simpson, ele representou Ken Skilling da Enron, e muitos outros clientes de grande porte. Essa é a primeira vez que Petrocelli fala em detalhes sobre como ganhou o caso.

LawrenceSchiller

Fred Goldman
Exclusivo para o 20º aniversário do crime.
Pai de Ron Goldman, fala a respeito do choque ao ficar sabendo sobre o assassinato do filho e sobre a sua certeza de que Simpson era o assassino. Ele também fala sobre seu esforço para que o público não esqueça quem Simpson realmente é e para que ele pague por seu crime. Devido a suas entrevistas emocionantes, Fred Goldman se tornou o verdadeiro porta-voz da acusação durante o processo criminal e dos querelantes durante o processo penal. Fred deu uma longa entrevista de cinco horas sobre o caso.

12/10 – O.J. Simpson: A História que Nunca foi Contada – às 21h

13/10 – O.J.Simpson: Testemunhos Ocultos – às 21h

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 outubro, 2015 16:46


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!