Agnaldo Rayol dividirá palco com o tenor Márcio di Freitas e a solista Sandra Zumpano

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 18 setembro, 2015 10:03

Agnaldo Rayol dividirá palco com o tenor Márcio di Freitas e a solista Sandra Zumpano

A 4ª edição do Mudante – Festival de Música, Dança e Teatro acompanha o ritmo das edições anteriores com uma diferença: os artistas e bailarinos se dividirão em um único palco, com estrutura maior para receber as apresentações simultâneas das três artes. Uma das estrelas da noite será Agnaldo Rayol que por onde passa chama a atenção pela voz imponente, elegância e carisma. Rayol fará dueto com dois profissionais locais da música: o tenor Márcio di Freitas e a solista Sandra Zumpano.  O Mudante acontece no dia 20 de setembro, às 19h30, no Center Convention, em Uberlândia.

Agnaldo Rayol é considerado um autoditada quando o assunto é a voz. “Nunca fiz aula de canto. Minha voz é um presente de Deus. Em outubro completo 58 anos de carreira, com milhares de shows, todos muito especiais e de igual importância. O Mudante é uma nova experiência para mim e o público pode esperar um show maravilhoso, feito com muito carinho e interação”, disse Agnaldo.

Valorização local

O anfitrião da música interpretará junto com o tenor lírico, Márcio di Freitas, a música “Tormento D’amore”. O tenor já se apresentou dentro e fora do país. “Minhas primeiras performances de maior expressão foram na Itália, onde me tornei por dois anos o primeiro tenor do Theatro Comunale Mancinelli di Orvieto. Cheguei a me apresentar com Dimitri Poliakov e Simone Fermani dois grandes regentes mundiais, em Roma, Milão, Firenzze, Napa, Palermo e Genova, onde fui comparado ao grande Mário Lanza”, conta.

Sua inspiração é o tenor mexicano Rolando Villazon. Márcio di Freitas começou sua carreira em 2006 com a maestrina Edmar Ferretti. Seus conhecimentos foram polidos e aprimorados sob a supervisão e ensinamentos de vários mestres, como a soprano lírica de coloratura Neyde Thomas (in memorian), e do baritono verdi Rio Novello, dois grandes nomes da música erudita, cantores do Alla scala di milano, a mais renomada casa de Opera do mundo.

Quem também terá o prazer de se apresentar ao lado de Agnaldo Rayol é a soprano Sandra Zumpano. A música “Paz do meu amor”, de Luiz Vieira, um grande compositor brasileiro foi escolhida em conjunto com o cantor Agnaldo que já homenageou o poeta em uma de suas apresentações. Zumpano também já mostrou sua arte no exterior, se apresentando em recitais e cantatas nas cidades de Bremen e Hamburg (Alemanha) e em Córdoba (Argentina).

Sandra conta que aprendeu a gostar do gênero erudito por já ter participado de várias montagens de óperas como ‘A Flauta Mágica’, ‘Dido e Enéias’, ‘Cavalleria Rusticana’, ‘As Bodas de Fígaro’ e até alguns musicais como ‘A Noviça Rebelde’ e ‘O Fantasma da Ópera’.

“Sempre vivi da música. Ainda é um mercado estreito pela falta de valorização dos músicos. Ainda faltam políticas de apoio e divulgação de todas as artes. Entretanto, também acredito que o Brasil esteja caminhando para melhorias nesse campo por meio das leis de incentivo e também de grupos privados que se mobilizam para tal”, afirma Sandra.

Atualmente, Sandra faz parte do Grupo Musical Amacordes, fundado pela pianista e amiga Maria Célia Vieira e ministro aulas particulares de canto.

Ao falar sobre o Mudante a soprano teceu elogios: “é um festival extremamente importante para a divulgação das artes em geral. É uma alegria constatar que existem pessoas com sensibilidade aguçada trabalhando pelo fomento de uma arte tão importante e, ao mesmo tempo, tão pouco veiculada em nossa mídia”, conclui Zumpano.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 18 setembro, 2015 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel