Ivald Granato e Francisco Antonio Doria debatem Lógica e Arte no quarto encontro do ciclo Arte & Ciência no CCBB SP

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 agosto, 2015 11:04

Como combinar ciência e arte, decisão e contradição? Como a lógica não-clássica (onde uma afirmação e sua negação podem ser ambas verdadeiras) lida com as decisões e como a arte pode se inspirar em tal pensamento? Essas questões devem pautar o quarto debate do ciclo Arte & Ciência, que conta com a presença do matemático Francisco Antonio Doria, da equipe de Newton da Costa, e do artista plástico Ivald Granato. O encontro acontece no dia 31 de agosto, a partir das 19h30, no Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo.

Arte & Ciência propõe a seus convidados questões estimulantes e atuais, como o futuro da inteligência artificial; o papel da memória e da imaginação no mundo contemporâneo; os dilemas éticos envolvidos nas pesquisas genéticas; as fronteiras filosóficas da física e da cosmologia, entre outras. Os debates do ciclo estão acontecendo no CCBB São Paulo e também nos CCBBs do Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.

Para os próximos encontros do ciclo estão confirmados o físico Rogério Rosenfeld; a biogeneticista Mayana Zatz; o cientista Edgard Morya, da equipe de Miguel Nicolelis; os filósofos Oswaldo Giacóia Jr. E Vladimir Safatle; o artista plástico Eduardo Srur.

Francisco Antonio Doria é engenheiro-químico pela Universidade Federal do Rioo de Janeiro, Doutor em Física e Professor Emérito da UFRJ. Com Newton da Costa mostrou, em 1990, que não existe algoritmo para decidir se um sistema arbitrário pode exibir caos. Em 1994 resolveu, igualmente com Newton da Costa, dois dos três problemas formulados por Vladimir Arnol’d para a lista preparada em 1974, durante simpósio sobre os Problemas de Hilbert, da American Mathematical Society. No momento investiga questões sobre a matematização das Ciências Humanas.

Ivald Granado é artista plástico. Polêmico e provocador utiliza, além da pintura, a performance como meio de expressão. Realizou numerosas exposições individuais e coletivas no Brasil, Estados Unidos, Japão, América Central e América do Sul, das quais destacam-se: Bienal Internacional de São Paulo de 1979, 1981, 1985, 1989 e 1991; 1ª Bienal de Havana (Cuba), em 1984; 4ª Bienal Ibero-Americana de Arte, no México, em 1984; My Name Is Not, na Document-Art Gallery, Buenos Aires, em 2011; Biennial of Europian and Latin American Contemporary Art, no Porto (Portugal), em 2012. Granato recebeu vários prêmios entre eles o de Melhor Ilustrador do Ano, da Editora Abril, e o Prêmio Aquisição na 1ª Trienal de Osaka, Japão, ambos em 1990, e o Prêmio Jabuti de Melhor Capa de Livro, em 1993.

O debate Lógica e Arte acontece no auditório do Cinema e as senhas devem ser retiradas na bilheteria, a partir das 18h30. O CCBB São Paulo fica na Álvares Penteado 112, Centro, tel.: 3113-3651.

SERVIÇO
Ciclo: Arte & Ciência
Período: maio a novembro de 2015 – última segunda-feira do mês
Patrocínio: Banco do Brasil
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
Idealização/Curadoria: Beatriz Carolina Gonçalves
Debate: Lógica e Arte
Data: 31.08.2015 – Segunda-feira
Horário: 19h30
CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL SÃO PAULO
Endereço:
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
Debatedores: Francisco Antonio Doria e Ivald Granato
Classificação indicativa: 12 anos
ENTRADA FRANCA – mediante retirada de senha, distribuída a partir de uma hora antes do início do evento.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 agosto, 2015 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!