Marília Gabriela conversa com Zezé Di Camargo e Luciano, no GNT

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 julho, 2015 10:56

Marília Gabriela conversa com Zezé Di Camargo e Luciano, no GNT

“Se a popularidade não é a glória, é, contudo, o seu mais saboroso condimento.” É com essa frase do escritor italiano Paolo Mantegazza que Gabi apresenta a dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano. A entrevista vai ao ar no próximo domingo, dia 19 de junho, às 23h, no GNT.

Com 24 anos de trajetória, Zezé Di Camargo e Luciano continuam com uma carreira muito ativa, com muitos planos e novidades para contar. Além do lançamento do novo CD e DVD “Flores em vida”, será gravado, no Deserto de Atacama, um DVD com sucessos da dupla cantados com a participação de grandes nomes, como Lulu Santos e Zé Ramalho.

Zezé e Luciano foram convidados para serem tema da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, com o enredo.

“É o amor que mexe com minha cabeça e me deixa assim… Do sonho de um caipira nascem os filhos do Brasil”. “Foi uma surpresa muito grande, é um privilégio que estamos tendo em vida o que pouca gente teve”, diz Zezé.

Zezé confessa que apesar de todo esse tempo no palco, os shows são, até hoje, as duas horas que mais passam rápido no seu dia. “24h por dia para mim é música. Se eu não tiver nada para fazer, eu invento: vou compor, antecipar produção de música, vou para o estúdio. ”, conta. E Luciano completa: “O Zezé é realmente movido a música. É engraçado que hoje em dia todo mundo troca música por whatsapp, email, mas quando a gente está gravando, ele anda com uma sacola com CD’s e um diskman.”

Luciano fala também sobre sua família, a relação com os filhos e a complicação do parto das suas filhas gêmeas. “Eu quase perdi minha mulher. Como eram duas bolsas, a bolsa de cima rompeu e a Isabella que estava embaixo segurou a Helena. Então a gente fala que ela sustentou a irmã”, revela.

E Zezé comenta ainda sobre as dificuldades financeiras que teve na infância e a experiência como avô dos filhos de Wanessa. Os dois revelam também o planejamento de um musical contando a história deles. A ideia é levar para o teatro o filme “Dois Filhos de Francisco”.

“Enquanto você dorme, eu penso; enquanto você sonha, eu realizo; enquanto você ignora, eu exijo; enquanto você me esquece, eu te perpetuo.” refleti Zezé.

“O problema da saudade é que quando ela chega eu apanho.” – Fernanda Estellita. – frase escolhida por Luciano.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 julho, 2015 10:56


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook