Filme QUASE SAMBA traz parcerias entre Otto e Roberta Miranda, Arnaldo Antunes e Céu

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 maio, 2015 10:41

Filme QUASE SAMBA traz parcerias entre Otto e Roberta Miranda, Arnaldo Antunes e Céu

QUASE SAMBA, de Ricardo Targino, chega aos cinemas brasileiros no dia 11 de junho. O filme é uma produção da Bananeira Filmes e traz no elenco a cantora e atriz Mariene de Castro, João Baldasserini, Cadu Fávero, Otto, Leandro Firmino e Bento de Castro, além das participações especiais de Arnaldo Antunes, Eron Cordeiro, Arthur Schmidt, Marcelo Melo, Remo Trajano e Lian Thai.

O longa aborda o delicado tema do feminicidio ao contar a história de Teresa, uma cantora de rádio de uma periferia imaginária do Brasil que em seu último mês de gravidez, se vê no meio de uma disputa entre três homens que querem o seu amor. QUASE SAMBA é uma fábula sobre o família contemporânea.

A trilha sonora, composta especialmente para o filme traz canções inéditas e parcerias como as de Arnaldo Antunes e Céu e Otto e Roberta Miranda.

O diretor, que já tem oito curtas na carreira, conta que a alegria e a expectativa são grandes para a estreia do filme: “É muito bom poder estrear o filme em casa e eu tenho a sensação de que a história que o filme conta está mais próxima do mundo real, ou o mundo dela. Acho que está mais compreensível, mais evidente”.

Targino explica que, desde que concebeu o projeto, queria que o filme fosse de algum modo uma narração que gozasse da liberdade que a criação artística no cinema permite: “Queria um filme que tocasse o universo do samba, sem ser reprodução dos clichês sobre a música popular brasileira. Que fosse conduzido por personagens da nova classe média emergente no Brasil, sem qualquer intenção de reproduzi-los como imitação do real ou como estudo antropológico. Um filme sobre o básico da vida: a sobrevivência, os sonhos e os lugares de afeto nos quais existir é possível. Um filme de amor e de sonho, mas também um filme sobre a dor e a capacidade enorme que reside em nós de nos adaptar e seguir adiante.”

Segundo a produtora Vania Catani, a Bananeira Filmes cumpre mais uma vez a missão de produzir primeiros filmes: “É com muito orgulho que a gente entrega mais este filme para o Cinema Brasileiro.”

Teresa é uma cantora de rádio de uma periferia imaginária do Brasil. Em seu último mês de gravidez, três homens disputam seu coração e o destino do bebê. O amor toma a forma de conflito em uma fábula sobre o família contemporânea.

A035

A018

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 7 maio, 2015 10:41


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook