A Mostra Rios e Ruas Intervenções é destaque em programação sustentável

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 outubro, 2014 16:09

Até o dia 30 de novembro, diariamente das 8h às 18h, a Praça Victor Civita recebe a Mostra Rios e Ruas Intervenções. Com curadoria de Marcello Dantas, a exposição utiliza-se de criações artísticas para estimular o público a refletir sobre o crescimento urbano desordenado que tornou os rios soterrados e invisíveis à população. Para isso, reúne trabalhos de cinco artistas – Eduardo Srur, Carla Caffé, Paulo Von Poser, Zezão e Danilo Zamboni, que carregam em sua tragetória uma relação com as questões urbanas.

Ao abordar a temática da água que segue por caminhos ocultos, a exposição toca num importante tema e ao mesmo tempo muito atual, face à dramática queda nos volumes dos reservatórios que abastecem cidades de São Paulo. “O que me interessou nessa proposta foi exatamente a questão da invisibilidade dessa matéria sobra a qual estamos falando: a água que aparece silenciosa numa infiltração e desaparece sutilmente nessa seca que estamos atravessando”, explica o curador.

A exposição se integra à Iniciativa Rios e Ruas, que nasceu em 2010, por meio da parceria do arquiteto e urbanista José Bueno com o educador Luiz de Campos Junior. O projeto promove o reconhecimento das principais bacias hidrográficas de São Paulo e a exploração in loco dos rios e riachos da cidade, soterrados ou não, por meio de oficinas prático-teóricas e vivências em expedições da nascente à foz dos cursos d’água.

SERVIÇO
Mostra Rios e Ruas Intervenções
Data: de 17 de outubro a 30 de novembro
Visitação: de segunda a domingo, das 8h às 18h
Local: 1º andar do Prédio do Incinerador, na Praça Victor Civita
Endereço: Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros
Capacidade: circulação para 40 pessoas
Ingresso: Entrada gratuita
Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 outubro, 2014 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*