Caixa Cultural apresenta a Exposição “Street Art – Um panorama urbano” a partir de 2 de Agosto no Rio de Janeiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 julho, 2014 12:05

Caixa Cultural apresenta a Exposição “Street Art – Um panorama urbano” a partir de 2 de Agosto no Rio de Janeiro

A arte urbana já virou parte da identidade das grandes cidades do mundo. Mais do que isso: ganhou status e seus maiores representantes viraram referência criativa.

Reunindo os nomes mais atuais da Street Art, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro apresenta a partir de 2 de Agosto,  a exposição “Street Art – Um panorama urbano” cuja curadoria de Leonor Viegas apresenta uma diversidade de artistas, técnicas e estilos – estêncil, pôster, colagem, instalações, vídeo-artes, entre outras.

Trabalhos do inglês Banksy, dos franceses Jef Aerosol e Rero, dos italianos Pixel Pancho e da dupla StenLex, dos irmãos americanos HowNosm, dos portugueses  ±MaisMenos± e Vhils, dos brasileiros Herbert Baglione e Nunca,  serão expostos na galeria 4, com entrada franca para visitação de terça a domingo das 10h às 21h, até o dia 12 de Outubro. Após esta data, a exposição segue para Brasília.

Depois de visitar a exposição Au – de là du Street Art (Street art – Além da Rua), realizada em 2012, no Musèe de La Poste, na França, Luiz Prado ficou impressionado com a reunião de grandes nomes da street art numa mostra coletiva.

“No caso da França, havia um interesse maior em dar destaque à cena francesa. Eu queria fazer uma exposição mais cosmopolita, que pudesse mostrar esse panorama de arte no mundo. Convidei então, Leonor Viegas, produtora e curadora portuguesa, para levantar o projeto. Ela realizou grandes projetos de intervenções urbanas não só em Portugal mas um pouco por toda a Europa e também aqui no Rio de Janeiro. Nossa ideia foi realmente traçar um panorama do street art no mundo, mostrando os artistas que têm uma intensa produtividade e que são referência neste universo. A ideia é que tenhamos peças inéditas desses artistas, alguns deles realizando trabalhos que reflitam o olhar deles para o Brasil. Acredito que a exposição poderá estabelecer um diálogo maior com o público,” explica Luiz Prado, produtor do projeto.

Para este projeto, os artistas ±MaisMenos±, Nunca, Herbert Baglione, as duplas StenLex e HowNosm, Jef Aerosol, Pixel Pancho e Rero  apresentam obras especialmente concebidas para a mostra do Rio. Destaca-se ainda obra uma inédita do inglês Banksy, o nome mais conceituado da street art, atualmente. “Everyday a Fresh Load of Compromise”, de 2006, é uma peça única, cedida por um colecionador especialmente para a exposição. Além dela, mais um trabalho do artista estará na exposição.

Para Leonor Viegas, “diferente de uma exposição em galeria, onde muitas vezes o objetivo principal é a venda, estamos dentro de um museu, na Caixa Cultural, onde todos tiveram liberdade de expressão para criar. Existe uma transposição do espaço público para a galeria onde todos se adaptam de diferentes formas. Todos os nossos esforços são para que os artistas deixem suas marcas pelas ruas da cidade; uma vez que este é o fio que os une. É muito importante que as obras destes artistas não fiquem restritas a quatro paredes.”

A exposição estará em temporada na Caixa Cultural, e os artistas Jef Aerosol, ±MaisMenos±, Rero e Herbert Baglione estarão na cidade a partir do dia 23 de julho para também realizar intervenções externas, deixando seus trabalhos registrados em alguns muros no centro do Rio.

“Street Art – Um panorama urbano” tem como objetivo apresentar ao público uma visão mais ampla da arte de rua, apresentando trabalhos de alguns dos mais atuantes artistas do Brasil e do mundo.

Temos o Vhils, um artista jovem que tem sua arte espalhada pelo mundo, usa a destruição para a criação da sua obra, uma técnica muito original. Artistas que utilizam o estêncil, caso do Jef Aerosol, um dos pioneiros da arte urbana no início dos anos 80 e uma referência para os artistas da nova geração. A dupla StenLex cuja arte da colagem é referência em seus trabalhos;  o trabalho centrado na tipografia como o Rero; o estilo etnográfico do Nunca ou ainda o ±MaisMenos±, que utiliza inúmeros vídeos que se tornam virais para espalhar a sua mensagem. Todos eles tiram sua inspiração das ruas e da atual sociedade de consumo, oferecendo seus pontos de vista, bem diferentes de artista para artista”, explica Leonor Viegas.

SERVIÇO
Street Art – Um panorama urbano
Abertura: 02 de Agosto de 2014
Temporada: De 02 de Agosto até 12 de Outubro de 2014
Visita guiada com a curadora Leonor Viegas dia 02 de Agosto – 15h
Inscrições pelo telefone (21) 3980-3815
Visitação: De terça a domingo das 10h às 21h
Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro – GALERIA 4
Endereço: Av. Alm. Barroso, 25 – Centro – Rio de Janeiro
Informações: Telefone (21) 3980-3815
Entrada Franca
Recomendação Etária: Livre
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 julho, 2014 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook