Projeto Poesia Visual 3 expõe desenhos e obra inédita de Óscar Ramos no Oi Futuro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 março, 2014 09:02

Projeto Poesia Visual 3 expõe desenhos e obra inédita de Óscar Ramos no Oi Futuro

O Oi Futuro em Ipanema exibirá a partir de 12 de março, dentro do projeto Poesia Visual 3, a exposição “Letras e Palavras”, do artista amazonense Óscar Ramos, que teve presença marcante na cena cultural underground do Brasil nas décadas de 1960 e 1970. A mostra, com curadoria de Alberto Saraiva, terá em uma obra em grandes dimensões, exposta na vitrine do pátio do centro cultural, e 12 desenhos produzidos com técnicas variadas na galeria do primeiro nível.

Adepto de linguagens múltiplas, Óscar Ramos, que nasceu em Manaus, em 1938, foi aluno do curso de pintura livre que Ivan Serpa mantinha no MAM do Rio, na década de 1950. Em 1965, o artista ganhou uma bolsa de estudos da Universidade do Pará e passou dois anos na Espanha, tendo como mestre  o pintor Manolo Mompó, um dos mais importantes nomes da abstração espanhola. No início dos anos 1970, a convite do Cardiff College Of Art, uma das melhores universidades de arte e design do mundo, desenvolve pesquisa visual na capital do país de Gales.

Em 1971, com o artista visual Luciano Figueiredo, Óscar Ramos lança o projeto gráfico de “Navilouca”, icônica revista de ideias, artes e literatura coordenada por Waly Salomão e Torquato Neto. Realiza em 1973, ainda em parceria com Luciano Figueiredo, o filme OK X KO, a partir de cenas filmadas na Inglaterra com o poeta Chacal. Entre as décadas de 1970 e 2000, Óscar atuou com múltiplos suportes. Trabalhou na direção de arte de diversos filmes, como “Menino do Rio”, “Além da Paixão” e “Tainá”, realizou capas de discos para dezenas de músicos, dentre eles, Caetano Veloso e Gilberto Gil, e participou de três edições da Bienal de São Paulo.

Em 2013, Óscar lançou o livro “Maya” sobre suas experiências nas artes visuais, desde Itacoatiara, até suas experiências na Espanha e na Inglaterra, antes da volta para o Amazonas. “Falo sobre a minha paixão pela arte, além de contar um pouco sobre o meu desenvolvimento artístico, viagens e a fonte da minha inspiração”, descreveu, na época do lançamento. O título do livro é uma referência à deusa brâmane da ilusão.

O projeto “Poesia Visual” foi concebido pelo curador de Artes Visuais do Oi Futuro, Alberto Saraiva, e recentemente ganhou livro da coleção Arte & Tecnologia, com os melhores momentos de sua trajetória de três anos. Pioneiro, o projeto é uma plataforma de apresentação da produção de poesia visual e de reflexão sobre sua interlocução com as artes visuais. Já participaram artistas como Ferreira Gullar, Tadeu Jungle, Antonio Cicero, Roberto Corrêa dos Santos, Adolfo Navas, Lenora de Barros e Wlademir Dias-Pino. “O projeto Poesia Visual é uma plataforma de reflexão sobre a poesia visual no  Brasil hoje. Estamos apresentando trabalhos inéditos de vários poetas, produzidos nos últimos anos, mas também fazemos uma manutenção de idéias, ou seja, apresentamos obras históricas que não tiveram grande destaque na ocasião em que forma realizadas”, declara o curador Alberto Saraiva.

SERVIÇO
Poesia Visual 3
Data: 
12 de março a 11 de maio
Horário: De terça a domingo – 13h às 21h
Oi Futuro em Ipanema
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 54 – Ipanema
Classificação livre
Entrada franca

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 março, 2014 09:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!