Cristiana Oliveira e Luisa Thiré apresentam “Feliz por nada” no Teatro Brasil Kirin do Iguatemi Campinas

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 março, 2014 14:07

Cristiana Oliveira e Luisa Thiré apresentam “Feliz por nada” no Teatro Brasil Kirin do Iguatemi Campinas

A Teatro GT e Oba Hortifruti trazem para o interior do Estado de São Paulo, Cristiana Oliveira, Luisa Thiré e Felipe Cunha na comédia romântica “Feliz por nada”, com apresentações nos dias 28, 29 e 30 de Março (sexta a domingo), no Teatro Brasil Kirin, no 3º piso do Iguatemi Campinas.

Um espetáculo que fala de amizade.  Não da amizade que começa na infância, mas da amizade que surge no meio da vida, por acaso, e que passa a ser fundamental para o resto da vida.  Assim é a amizade de Juliana e Laura. Elas se conhecem aos 40 anos e passam a ser inseparáveis após um episódio no aeroporto de Tóquio (Japão), quando Laura se perde das filhas. Juliana é quem a ajuda. Nasce, então, uma belíssima amizade que será posta à prova por causa de um homem, o Joca. “Feliz por nada” não trata de um triângulo amoroso, e, sim, da relação humana. O texto trata da mulher, em toda a sua complexidade: os medos, os sonhos, as insatisfações, as inseguranças, as realizações profissionais, o sexto sentido, a atração, a paixão e o amor.  É pura identificação – e também estamos falando dos homens – com o dia a dia, com as questões contemporâneas e que fala ao coração. Uma comédia romântica inspirada no livro homônimo de crônicas da brilhante Martha Medeiros – livro de sucesso em todo o país -, com texto e adaptação da maravilhosa Regiana Antonini.  A direção é do genial Ernesto Piccolo. Cristiana Oliveira, Luisa Thiré e Felipe Cunha compõem o elenco de primeira linha.

Laura (Cristiana Oliveira) é uma mulher linda, professora de português, casada há 15 anos, tem duas filhas e dedicada à família. Seus sonhos: escrever um livro e abrir uma livraria com um café.  Mas ela se sente frustrada e vive uma crise no casamento. Está sempre com a sensação de que algo está faltando, um vazio eterno no peito. E Juliana (Luisa Thiré) é deslumbrante, fotógrafa, separada – casou três vezes – e tem uma filha. Uma mulher livre e em busca da felicidade. Duas mulheres completamente diferentes, mas com algo em comum: João/Joca (Felipe Cunha), marido de Laura e ex-namorado de Juliana. É pai, vive para a carreira e está acomodado no casamento.

“Feliz por nada” é o quarto trabalho que a autora Regiana Antonini assina adaptando ou escrevendo inspirada em alguma obra da autora Martha Medeiros. O espetáculo promete tocar o público, emocionar, fazer rir, chorar e com que a plateia se apaixone por personagens tão próximos, inteiros e cativantes.

Martha Medeiros comemora ter mais uma de suas obras adaptada para o teatro e está confiante de que o público irá se divertir ao assistir à peça. “Eu gosto muito quando meu trabalho é adaptado para teatro, cinema, música… Acontece sempre uma releitura, e como sou desapegada do projeto original, acabo apreciando a dinâmica da coisa, gosto de ver profissionais de outras áreas fazendo sua contribuição… Isso possibilita o acesso da obra a outros públicos, chegar em pessoas que nem sempre têm o hábito de ler. Acho que tudo se amplifica e todos se divertem. O livro ‘Feliz por Nada’ reúne várias crônicas publicadas em jornal, mas não é temático, abordo assuntos diversos. A adaptadora Regiana Antonini é que, a partir dessa colagem, criou uma história coesa, com começo, meio e fim (tal qual aconteceu com ‘Doidas e Santas’, em cartaz ainda com Cissa Guimarães). De qualquer forma, se o espírito das crônicas estiver no palco – e me disseram que está – creio que a peça deverá divertir e também homenagear a vida, que mesmo com suas imperfeições e imprevistos, é sempre sublime”, finaliza Martha.

SERVIÇO
Feliz por nada
Data: 28, 29 e 30/Março
Horário: Sexta e Sábado – 21h | Domingo – 19h
Teatro Brasil Kirin 3º piso do Iguatemi Campinas
Endereço: Av Iguatemi, 777 – Vila Brandina
Telefone: (19) 3294-3166 – www.teatrogt.com.br

Preço

  • Inteira: R$ 60,00
  • Meia-entrada: R$ 30,00

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 março, 2014 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook