Zé Paulo Sierra comemora seu sucesso à frente da Viradouro com show no Rio Scenarium

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 10 março, 2014 17:10

Zé Paulo Sierra comemora seu sucesso à frente da Viradouro com show no Rio Scenarium

O talento do cantor Zé Paulo Sierra é bastante conhecido por quem acompanha o Carnaval carioca. O que muitos não sabem é que ele também é vocalista do Dose Certa, grupo considerado pela mídia especializada como um dos melhores da atualidade por seu estilo original de tocar o samba, e do qual também fazem parte Alemão do Cavaco, Diretor Musical da Mangueira, e Vitor da Candelária, Diretor de Bateria da Mangueira. O Dose Certa se apresenta dia 12 de março, às 22h30, no Rio Scenarium.

O Dose Certa, desde a sua formação – em meados de 1990 -, faz questão de imprimir no samba tradicional a sua própria assinatura musical. Com uma linguagem mais contemporânea, autêntica e até inconfundível, o trabalho do grupo é reconhecido por grandes mestres do samba, como Beth Carvalho, Monarco, Almir Guineto e Moacyr Luz, entre outros, além de importantes jornalistas do cenário carnavalesco, como Chico Pinheiro e Abel Neto.

O grupo foi criado sob o feitiço de Candeia, Cartola, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, João Nogueira, Dona Ivone Lara e Moacyr Luz, entre outros importantes nomes deste envolvente cenário musical. Tudo começou por inconformismo de Alemão do Cavaco – acostumado a ouvir João Nogueira e Cartola –, com os grupos e estilos musicais que faziam sucesso no momento: “Eu precisava fazer o samba ser respeitado como merecia, o meu samba, o que eu acreditava e acredito”, conta Alemão.

Iniciou-se então a busca pelos componentes.

O Dose Certa é formado por músicos de São Paulo e do Rio de Janeiro, mistura que enriquece ainda mais o trabalho do grupo.

J. Petróleo, voz de tom mais grave que o soar de um trovão, é bacharel em música popular e foi um dos finalistas do São Paulo ExpoSamba 2013.

Fabio Luis, nome conhecido no cenário paulistano, já dividiu o microfone com Arlindo Cruz, Sombrinha, Monarco, Almir Guineto e Jair Rodrigues, entre outros.

O cantor carioca Zé Paulo Sierra, iniciou sua carreira em 1988 no extinto Bloco Chupeta da Abolição e foi intérprete da Unidos da Ponte, Caprichosos de Pilares, X-9 Paulistana e da Estação Primeira de Mangueira. No carnaval de 2014 assumiu sozinho o vocal da Unidos do Viradouro, levando todos os prêmios do Carnaval carioca, além de colocar a escola de volta ao grupo especial.

O percussionista Vitor da Candelária tem seu nome no Guinness Book desde 2011, à frente da maior bateria de escola de samba do mundo, e já tocou ao lado dos Doces Bárbaros, Jorge Benjor, Zeca Baleiro, Jacques Morelembaum e Nei Lopes, entre outros. Vitor é Diretor de Bateria da Estação Primeira de Mangueira e coleciona prêmios como o Estandarte de Ouro e o Tamborim de Ouro.

Alemão Do Cavaco desde 2012 divide seu trabalho no grupo com as funções de Diretor de Harmonia e Diretor Musical da Estação Primeira de Mangueira, onde já recebeu nota máxima e todos os prêmios mais requisitados no carnaval carioca com um de seus sambas. Em 2014, assumiu a Direção Musical do desfile também. Já acompanhou Alcione, Bezerra da Silva, Leci Brandão, Jair Rodrigues e Monarco, entre outros. Teve oito sambas-enredo emplacados na Gaviões da Fiel, sendo três campeões.

O violonista e arranjador Vinicius Almeida dá o tom da harmonia com toda a sua influência do jazz e do samba da mais alta linhagem, como Bezerra da Silva, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, Chico Buarque, Gilberto Gil e Tom Jobim. Já tocou com Leci Brandão e Neguinho da Beija-Flor, entre outros.

Contrariando alguns sambistas da Velha Guarda, o GRUPO DOSE CERTA nunca fez questão do chapéu e do sapato branco para ser respeitado como um grupo de samba. Porém, se destaca pela filosofia de reverência ao estilo e suas raízes, o respeito à música e ao próximo, fazendo prevalecer sempre a alegria, a descontração, a espontaneidade e o espírito de união que o movimento proporciona.

O repertório do show traz o samba de primeira linha nas mais diversas variações – partido alto, samba enredo, romântico, sincopado -, mesclando canções do último disco do grupo “Pra Sempre Samba”, como “No Compasso do Samba” (Moacir Luz e Sereno) – música que esteve na trilha da novela Sangue Bom, da Tv Globo -, Sinhá Sinhá (Efison e Odibar) e O Tombo Da Corrente (J. Petróleo e Nelson Papa), além de clássicos de Noel Rosa, Toninho Geraes, Cartola, Elton Medeiros, Serginho Meriti, Candeia, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Jorge Aragão, Baden Powell e Ney lopes, entre outros.

Pra Sempre Samba, segundo CD do grupo, traz participações especiais de grandes nomes da MPB, como Ivan Lins, Verônica Ferriani, Leci Brandão, Ana Costa, Pedro Miranda e Wanderley Monteiro, entre outros.

No último ano, o Dose Certa teve a faixa “No Compasso do Samba”, de Sereno e Moacyr Luz, gravada em seu último CD, o “Pra Sempre Samba”, na trilha sonora da novela Sangue Bom, da Rede Globo . Além de ter participado de um capítulo da novela, o trabalho rendeu ao grupo a participação no programa Encontro com Fátima Bernardes, do Vídeo Show, SPTV (Globo), Studio I (Globonews), Primeiro Tempo (BandSports), Hoje em Dia (Record), e também foi matéria da primeira edição da Revista Samba, do O Estado do Rio de Janeiro, Jornal O Dia, Extra, O Globo, Guia da Folha de São Paulo, Folha On Line, Catraca Livre, Terra , Blog Aquele Samba, entre outros.

SERVIÇO
Dose Certa
Data: 12/03, 22h30h
Rio Scenarium
Endereço: Rua do Lavradio, 20, Centro, Rio de Janeiro
Tel.: (21) 3147-9000
Ingressos: R$ 25,00
Classificação: 18 anos

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 10 março, 2014 17:10


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook