Cia. Portátil, de Curitiba, estreia “A Anta de Copacabana” na Casa de Cultura Laura Alvim

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 janeiro, 2014 16:09

Cia. Portátil, de Curitiba, estreia “A Anta de Copacabana” na Casa de Cultura Laura Alvim

Conhecida por abrigar um dos mais respeitados festivais de teatro do país e por sua grande efervescência artística, Curitiba está em destaque nos meses de janeiro e fevereiro no porão da Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. Dirigida por Rafael Camargo, a Cia. Portátil estreia na sexta-feira, dia 17, às 21h30, o espetáculo “A Anta de Copacabana”, com texto e direção de Rafael Camargo e atuação de Adriano Petermann.  

A Anta de Copacabana , Tantã e o Guarda Noturno, fazem parte de uma trilogia sobre a solidão, “loucura”, a existência e sua condição.O dramaturgo  Rafael Camargo expõe o trágico e o bizarro humano nessa empreitada. O texto discorre sobre a bela,  mágica, e por vezes triste  passagem que se chama viver, se deparando com pequenas e simples questões, mas que miseravelmente não se tem respostas. É uma espécie de divertimento sádico, um prazer humano, que acha graça da própria ferida; tentando quem sabe, exorcizar estes fantasmas que rondam por toda a vida e por toda a morte, talvez.A Anta de Copacabana fala sobre o surto. Como uma criança a loucura quebra  regras,  convenções e desvela a  estúpida hipocrisia do cotidiano. Obcecado pelo tão carismático bairro do Rio, Copacabana, aprisionado em sua existência, o morador do bairro vive num emaranhado de lembranças e divagações, a espera de um sinal que o liberte. Um tanto de filosofia, delírio, poesia e agressividade pontuam o discurso, permeando o universo  assustador e mágico que é a loucura, a vida e a morte. Uma metáfora sobre nossas prisões, sobre a falta de coragem de mudar, de partir.  Um comentário poético sobre o apego que é viver.   Este texto estreou em 99 no Rio de Janeiro, ficou em cartaz no teatro Casa Grande, em 2000 São Paulo no Sesc consolação, 2001 abriu o festival nacional de Cachoeiro do Itapemirim, 2002 foi destaque do fringe no festival de Curitiba, 2003 festival de inverno da UFPR em Antonina,  e temporada em Curitiba no Teatro Cleon Jaques.

SERVIÇO
A Anta de Copacabana
Temporada: 
17/01 a 23/02 – Sexta, sábado e domingo às 21h30
Local: Casa de Cultura Laura Alvim – Espaço Rogério Cardoso
Endereço: Avenida Vieira Souto, 176 – Ipanema.
Valor: R$ 30,00 (inteira)
Classificação: 14 anos.
Gênero: Drama
Duração: 40 min.
Capacidade: 58 lugares

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 janeiro, 2014 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/4/63/73/recantoadormecido2/public_html/wp-content/themes/allegro-theme/functions/filters.php on line 188

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/4/63/73/recantoadormecido2/public_html/wp-content/themes/allegro-theme/functions/filters.php on line 189
<

Aprendiz de Espiã

Facebook