Museu Imperial debate memória e cultura afro-brasileira em atividades da Primavera dos Museus

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 outubro, 2013 09:02

Museu Imperial debate memória e cultura afro-brasileira em atividades da Primavera dos Museus

12.859 pessoas visitaram o Museu Imperial de 24 a 29 de setembro, semana da 7ª Primavera dos Museus. Já nos eventos organizados especialmente para o período, dentro do tema “Museus, memória e cultura afro-brasileira”, foram recebidos 117 espectadores A Casa de Cláudio de Souza, subunidade do Museu Imperial, também participou da Primavera, recebendo 235 pessoas tanto para visitação quanto para participação nas atividades.

No Museu Imperial, três dias de cine-debates propuseram reflexões acerca de temas como manifestações da cultura afro-brasileira, memória da escravidão, racismo e direitos das comunidades negras, a partir da exibição de filmes. Os eventos contaram com profissionais de Cinema, História, Serviço Social e Teatro, militantes do movimento negro e um líder quilombola.

Para as crianças, a Biblioteca Infantil Rocambole ofereceu uma contação de história do livro “Histórias de Ananse”, de Adwoa Badoe, seguida de oficina criativa. A obra fala sobre Ananse, uma aranha com histórias bem-humoradas e cheias de sabedoria. Transmitidas oralmente e muito populares em Gana, elas falam de costumes, tradição, ética e respeito, mantendo-se vivas na memória do povo há muito tempo.

A Casa de Cláudio de Souza também teve atividade para as crianças, com duas leituras dramatizadas de textos, poesias de autores afro-brasileiros e contos africanos. O objetivo foi resgatar e apresentar às crianças a tradição oral dos griots, contadores de história africanos.

O espaço também abrigou o I Encontro da População Negra e a Pessoa com Deficiência – “Valorizando as diferenças sobre uma nova perspectiva”, organizado pelo Movimento Beleza Negra e pela União dos Negros de Petrópolis.

A Primavera dos Museus contou ainda com as quatro primeiras apresentações do II Festival de Canto Coral do Museu Imperial, que vai até 06 de outubro. Desde 2012, o Museu firmou uma parceria com o segmento de corais de Petrópolis para realização de festivais e apresentações. Na abertura do II Festival, foi anunciado ainda um projeto que irá levar corais para todas as escolas públicas do município e o Museu Imperial ofereceu um domingo por mês para apresentações desses novos coros em seu Cine Teatro.

SERVIÇO
Museu Imperial/Ibram/MinC
Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ
Telefones: (24) 2245-5550 / (24) 2245-5560
E-mail: mimp.faleconosco@museus.gov.br
Site: www.museuimperial.gov.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 outubro, 2013 09:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook