A história da Sonata será contada em série musical no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 março, 2013 14:07

A história da Sonata será contada em série musical no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Sonata – Sua Evolução em Quatro Séculos  é o nome da série musical que o Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro promoverá em abril, dentro do projeto Terças Musicais, em dois horários: 12h30 e 19h.  Serão cinco recitais de música instrumental, abrangendo em cada um, obras e compositores do período Barroco, Clássico, Romântico, Nacionalismo Brasileiro e Moderno.

Com curadoria do maestro Ilso Muner, os recitais convidarão os espectadores a fazer uma viagem musical que contará a história da sonata ao longo de 400 anos.  Em cada um dos cinco concertos será apresentado um período musical específico, com obras de compositores importantes e fundamentais para o desenvolvimento da sonata. Além disso, em todos os recitais haverá uma breve explicação para a plateia sobre o repertório e o período histórico do tema do dia.

Para participar desta série musical, foram convidados grupos e solistas diferentes, de renomado reconhecimento nacional e internacional que apresentarão um programa com obras de importância histórica.  Os instrumentos utilizados nos recitais serão variados, indo do piano aos exóticos instrumentos de sopro do período clássico, passando pelos tradicionais instrumentos de cordas das orquestras modernas.

Cada recital terá uma hora de duração, sendo que 50 minutos de música e 10 minutos de explicações relativas ao programa.  Ao final de cada espetáculo a plateia poderá participar fazendo perguntas sobre o programa e os temas abordados.

No primeiro concerto, o tema será “Barroco: A Criação – O Embrião da Grande Forma”, e o convidado será Dr. Francisco Silva, pianista, que apresentará obras de Carlos Seixas, Domenico Scarlatti e Padre Antônio Soler.

A SONATA

Criada no final da renascença e muito utilizada no período Barroco, a Sonata teve seu ápice no período clássico com Haydn e Mozart e sua amplitude desenvolvida com Beethoven e Brahms no Romantismo.  Nos dias de hoje, a sonata continua sendo cultivada por compositores contemporâneos que, apesar da linguagem musical moderna, não abrem mão de sua forma completa de expressar uma obra por instrumentos.

Programação completa do Ciclo 

RECITAL 1 – DIA 02 DE ABRIL
BARROCO – A CRIAÇÃO – O EMBRIÃO DA GRANDE FORMA – SONATA
Convidado do dia: Dr. Francisco Silva (piano)
Programa: Sonatas de Scarlatti, Soler e Seixas

RECITAL 2 – DIA 09 DE ABRIL
PRÉ-CLÁSSICO: CONTRASTES – A INTRODUÇÃO DOS TEMAS CONTRASTANTES
Convidado do dia: Duo Dinamarquês (Rune Most – flauta transversal e Charlotte Thaning -piano)
Programa: Sonatas de Carl Philipp Bach, Schubert e Kuhlau

RECITAL 3 – DIA 16 DE ABRIL
ROMÂNTICO: A EXPANSÃO – A EXARCEBAÇÃO DA FORMA COMO EXPRESSÃO ROMÂNTICA
Convidado do dia: Trio Jardini (Luiz Amato – violino; Adriana Holtz – violoncelo; e Márcia Cattaruzzi – piano)
Programa: Sonatas de J. Brahms

RECITAL 4 – DIA 23 DE ABRIL
NACIONALISMO BRASILEIRO: A SONATA SEGUNDO HEITOR VILLA-LOBOS
Convidado do dia: Duo Guanabara (Daniel Guedes – Violino; e Flávio Augusto – Piano)
Programa: Sonatas de Miguez e Villa-Lobos

RECITAL 5 – DIA 30 DE ABRIL
MODERNO: A LINGUAGEM – A BUSCA POR NOVAS FONTES DE INSPIRAÇÃO
Convidado do dia: Duo Barboza Muner (Ilso Muner – piano e Marcelo Barboza – flauta transversal)
Programa: Sonatas do Século XX

SERVIÇO
Sonata – Sua Evolução em Quatro Séculos
Patrocínio: Banco do Brasil
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
Coordenação de Produção: Dinâmica Eventos e Produções
Curadoria: Ilso Muner

Primeiro Recital: “Barroco: A Criação – O Embrião da Grande Forma”
Data: 02/04/2013 – Terça-feira
Horário: 12h30 e 19h
Local: Teatro II
Capacidade: 158 lugares, sendo 03 para cadeirantes
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia entrada para estudantes e idosos)
Cheque, dinheiro e cartão.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 março, 2013 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel