Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária no palco do Teatro Armando Gonzaga para 5 apresentações

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 outubro, 2012 18:02

Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária no palco do Teatro Armando Gonzaga para 5 apresentações

Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária são dois títulos para o  espetáculo que fará cinco apresentações nos dias 5, 6 e 7 de outubro, no Teatro Armando Gonzaga, para celebrar um trabalho feito há 20 anos e  cuja crítica elogiou e prestigiou um dos melhores textos do autor Nélson Rodrigues.

Dirigido por Eduardo Wotzik, indicado ao Prêmio Shell de Melhor Diretor, esse trabalho foi, na época, um divisor para o teatro carioca.

Para celebrar o centenário de Nelson Rodrigues, o mesmo elenco da primeira montagem resolveu remontar a peça que segunda a critica é atualíssima.

A  tragédia de costumes, é baseada no personagem Edgar, um ser humano em crise que através de suas projeções cria situações de angústia  profunda e outras patéticas carregadas de humor.

Desenhando uma história de intriga, sensualidade, morte e amor ,a montagem de Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária, conta a história de Edgard, rapaz que passa por dificuldades financeiras para sustentar sua mãe, viúva. Edgar trabalha na empresa do industrial Werneck que encarrega seu braço direito Peixoto a lhe oferecer uma quantia em dinheiro para se casar com sua filha, vítima de uma curra. Edgar vive o dilema entre compactuar com esta trama inescrupulosa ou manter seu caráter e casar-se com Ritinha, sua vizinha, professora, que sustenta suas três irmãs e a mãe.

Criada a partir de uma frase do jornalista Otto Lara Resende – “o mineiro só é solidário no câncer” – para a famosa frase de Dostoiévski – “Se Deus não existe, tudo é permitido” –  a peça, como a maioria das escritas por Nélson Rodrigues, à primeira vista dá a sensação de perseguir um único objetivo: o de chocar a plateia.

Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas ordinária, no Teatro Glauce Rocha,   que traz à cena  carioca o mais cultuado dramaturgo brasileiro montagem intimista de uma das mais polêmicas peças de Nelson Rodrigues, foi sucesso de público e de crítica.

SERVIÇO
Otto Lara Resende ou Bonitinha, mas Ordinária
Teatro Armando Gonzaga
Local: Av. General Oswaldo Cordeiro de Faria nº511 – Marechal Hermes
Tel: 2332-1040
Horários:  Sexta (05/10) – 19h e 21h
Sábado (06/10) – 19h e 21h
Domingo (07/10) – 19h
Preço:R$ 10,00 inteira – R$ 5,00 meia
Duração: 90 min.
Classificação: 16 anos
Gênero: Adulto

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 outubro, 2012 18:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel