Duo Balangulá canta as faces brasileiras no show “Certos Tipos e Suas Canções”, dia 26 de fevereiro, em Salto

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 12 fevereiro, 2012 12:42

Duo Balangulá canta as faces brasileiras no show “Certos Tipos e Suas Canções”, dia 26 de fevereiro, em Salto

O espetáculo musical “Certos Tipos e Suas Canções” envolve o público em uma atmosfera que o leva a pequenas crônicas e estórias cantadas sobre personagens que povoam a música popular brasileira. Interpretado pelo duo Balangulá, formado pelos campinenses Alexandre Freire e Zé Esmerindo, o show acontece no dia 26 de fevereiro, às 19h, na Sala Palma de Ouro, em Salto. Com entrada franca, o evento é uma realização da 3S Projetos com apoio do ProAC (Programa Cultural da Secretaria de Cultura de São Paulo).

 

Os dois músicos são amigos de longa data e foram amadurecendo este projeto vagarosamente, até que no ano de 2009, suas ideias puderam ser colocadas em prática dando vida ao show “Certos Tipos e Suas Canções”. Alexandre Freire e Zé Esmerindo buscaram desenvolver um espetáculo que unisse o cênico e o musical focando a música popular brasileira. Para retratar todas as diferenciadas nuances e personagens encontradas na música popular, o Duo Balangulá lança mão de uma instrumentação variada, mesclando violões, violas brasileiras, contrabaixo e percussão.

 

O repertório foi selecionado a dedo pelos músicos e baseia-se em 14 canções que narram uma imagem tipicamente brasileira, com cenários urbanos, rurais e litorâneos, além de descrever as várias classes sociais que habitam nosso país. A apresentação traz essa união entre a música e o diálogo com o teatro, por meio de cenas curtas e diálogos que entremeiam algumas das músicas, percorrendo os muitos cantos do país em busca de personagens tipicamente tupiniquins. Os tipos descritos incluem, por exemplo, um valente que fazia as mulheres suspirarem, lamentando sua orientação homossexual (Mulato Bamba, de Noel Rosa – 1932) ou um pescador do litoral nordestino que teve seu veleiro virado por um peixe (Lenda Praieira, de Mário Gil e Paulo César Pinheiro – 1998).

 

O músico Alexandre Freire conta que a amizade com Zé Esmerindo e admiração pela música popular brasileira foram essenciais para desenvolver o espetáculo. “Criamos o projeto para traduzir em música nossas afinidades estéticas. Durante um longo período, estudamos a sonoridade de um vasto repertório de canções de épocas diferentes, muitas delas de autores pouco divulgados. Resgatamos essas melodias e elaboramos nossos próprios arranjos, unindo-os a situações vividas por tipos comuns encontrados no cotidiano tanto das cidades quanto do campo”, explica Alexandre.

 

Ainda em 2012, também com o apoio da Secretaria de Cultura de São Paulo, o Duo Balangulá irá gravar ser primeiro CD, baseado no espetáculo “Certos Tipos e Suas Canções”.

 

::: Serviço :::

“Certos tipos e suas canções”
Data: Domingo, 26 de fevereiro de 2012
Horário: 19h00
Onde: Sala Palma de Ouro em Salto
Endereço: Rua Prudente de Moraes, 580, Centro – Salto/ SP
Informações: (11) 4602-8694
Entrada gratuita
REALIZAÇÃO: 3S Projetos

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 12 fevereiro, 2012 12:42


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook