‘Ferrugem’ é bem recebido pela impressa após exibição no Festival de Sundance

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 29 janeiro, 2018 12:50

“Ferrugem” foi exibido no ultimo sábado, 20 de janeiro, dentro na programação da mostra competitiva World Cinema, do Festival de Sundance 2018. O longa de Aly Muritiba tem sido elogiado pela imprensa especializada que cobre o festival.

Essa é segunda vez do diretor no Festival de Sundance. Seu primeiro longa, o premiado “Para Minha Amada Morta” (2015), recebeu o Global Filmmaking Award/Sundance Institut 2013.

Em “Ferrugem” Muritiba mergulha no universo jovem para contar a história de Tati, uma adolescente cheia de vida, que gosta de compartilhar seus melhores momentos no Instagram e Facebook e que terá sua vida virada do avesso quando algo que ela não queria compartilhar com ninguém cai no grupo de whatsapp do colégio.

“’Ferrugem’ é marcante pelo seu afiado estilo e ponto de vista que, alternando os protagonistas de forma desorientadora, traça a configuração e as consequências de um incidente escolar chocante.” Variety

“Os atos sem pensamentos têm consequências devastadoras em ‘Ferrugem’, um drama apreensivo que mostra o ponto de vista da vítima e dos culpados. O co roteirista e diretor Aly Muritiba conduz com segurança a câmera enquanto mostra uma intrigante combinação de drama familiar, suspense e dilema moral.” Screen Dailly

“Depois de realizar meu primeiro filme, “Para Minha Amada Morta”, que fala sobre luto e de como imagens registradas através de uma câmera VHS podem ter certas consequências na vida de quem a assiste, decidi que o meu próximo filme seguiria investigando estes temas, mas agora centrando a história no mundo adolescente. Como realizador que já foi professor de ensino médio e que é pai de um adolescente, me pus a pensar acerca das redes sociais, esta comunidade do prazer e da felicidade baseada nas aparências, este universo habitado por autoimagens e promessas de prazer eterno, e de como isto acaba submetendo a todos, mas aos jovens em especial, a uma superexposição que gera confusão de limites entre as esferas publicas e privadas que muitas vezes pode ser fatal. Foi este o ponto de partida para a escrita de ‘Ferrugem’, uma história sobre medo, insegurança, crescimento e misoginia”, explica o diretor.

O longa é uma co produção da Grafo Audiovisual com a Globo Filmes, tem Fernando Meirelles e Guel Arraes como produtores associados e será distribuído no Brasil pela Olhar Distribuição. A previsão de estreia no circuito comercial brasileiro é no segundo semestre de 2018.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 29 janeiro, 2018 12:50


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

GOOSEBUMPS 2

Facebook

Ferrugem