Oi Sumido, novo single do Dream Team do Passinho, ganha clipe gravado no Vidigal, no Rio de Janeiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 novembro, 2017 10:03

Oi Sumido é o novo single e clipe do Dream Team do Passinho, que promete repetir o sucesso de seus vídeos anteriores ao acumular milhões de views no Youtube. Dirigido por Rafael Dragaud, a filmagem levou para o Vidigal, no Rio de Janeiro, mais de 30 pessoas e diversos amigos que retratam o universo do grupo num trabalho de mais de 12 horas de gravação – madrugada adentro – com o quinteto que compõe o grupo: a exuberante Lellêzinha ao lado de Diogo BregueteHiltinhoPablinho e Rafael Mike. “Rodamos o clipe no Vidigal porque é uma favela que tem muito significado para todos do grupo. Além da influência cultural que o lugar carrega, sua atmosfera charmosa era exatamente o que estávamos buscando”, resume Dragaud que, mais uma vez, se encarregou da direção da empreitada – ele já mirou seu olhar para o grupo nos vídeos de Aperta o Play e De Ladin.

A história foi criada em conjunto com Joana Swan, codiretora da obra, para que o vídeo tivesse a energia de uma festa de rua cheia de estilo – algo que vai ao encontro com a feliz melodia escrita por Rafael Mike: “A gente queria falar de amor de um jeito alegre e com humor. Quem nunca ficou na internet atrás de uma emoção?”. A partir desta ideia surgiu uma canção perfeita para se dançar a dois. “A música resume as emoções nos dias atuais. É quando a gente não aguenta mais e manda um ‘Oi, sumido’”, brinca Lellêzinha, a vocalista do quinteto, que agora se mostra mais madura e com maior domínio de seu timbre poderoso e marcante.

Para ajudar a compor o clima efervescente, algumas providências foram tomadas, a começar pelas roupas assinadas pela MAXHOSA by Laduma. A marca da África do Sul vem, com seu grafismo étnico, ganhando o mundo e se encaixa perfeitamente no universo fashion do grupo. De Belo Horizonte foi encomendada à grafiteira Criola uma arte transformada em um mural de 18 metros de extensão feita numa ala histórica do morro para ser deixada como um legado à comunidade.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 novembro, 2017 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*