ANCINE anuncia vencedores de editais com Chile e Portugal

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 novembro, 2017 11:50

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram nesta terça, 07 de novembro, os projetos vencedores das Chamada Públicas PRODECINE 10/2017 – Coprodução Chile-Brasil e PRODECINE 08/2017 – Coprodução Portugal-Brasil, do Programa Brasil de Todas as Telas. Ao todo, seis projetos foram selecionados nos dois editais binacionais.

Brasil-Chile

Parceria com o Conselho Nacional da Cultura e das Artes (CNCA) do Chile, o concurso binacional PRODECINE 10/2017 selecionou dois projetos de longas-metragens que receberão o equivalente a 100 mil dólares, cada, em moedas locais.

O projeto de coprodução minoritária brasileira a ser apoiado pela ANCINE é intitulado “A vaca que cantou uma canção sobre o futuro”, de Francisca Alegría, e tem como proponente brasileira a produtora Bananeira Filmes, que trabalhará em parceria com a coprodutora chilena Jirafa Filmes. O projeto “Araña”, de Andrés Wood, parceria entre a brasileira Be Bossa Nova Criações e Produções e a chilena Andrés Wood Producciones, ficou como suplente.

A produção minoritária chilena que receberá o apoio do CNCA será “Oh primavera, devuélveme a mi pueblo”, de Cristiano Abud, uma coprodução entre a chilena Maskin Producciones e a brasileira Abuzza Filmes. Como suplente, foi classificado o projeto “Dejar el mundo para vivir en la tierra”, de Vítor Rocha, parceria entre a chilena Agencia de Comunicaciones Catalejo e a brasileira Caranguejeira Filmes.

Comissão

A Comissão Binacional de Seleção da Chamada Pública PRODECINE 10/2017 teve a assessora internacional Ana Julia Cury Cabral e a produtora Tatiana Leite, profissional do mercado com notório saber, como membros indicados pela ANCINE. Já o CNCA designou Martín Rodríguez Castillo, secretário-executivo do Fundo de Fomento Audiovisual do Conselho, e a produtora Daniela Gutiérrez, com extensa experiência no setor. Acesse a ata na íntegra aqui.

Brasil-Portugal

Já o edital PRODECINE 08/2017 – Coprodução Portugal-Brasil chega ao fim com quatro projetos de longas-metragens selecionados. A chamada pública é uma parceria com o ICA/IP – Instituto do Cinema e do Audiovisual, de Portugal.

Nesta fase final do processo seletivo, foi analisado o total de 15 projetos. Entre os selecionados, 2 (dois) são projetos de coprodução minoritária brasileira: “A carrinha”, de Laura Seixas, com a Buriti Filmes como proponente brasileira e a Take it Easy Produções Audiovisuais como parceira lusitana, e “A trança de Inês”, de António Ferreira, com coprodução entre a brasileira Refinaria Produções e a portuguesa Diálogos Atómicos.

As duas produções receberão aportes equivalentes a 150 mil dólares, cada, em moeda local, na forma de contratação de operações financeiras pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). “Os sertões”, de Miguel Gomes, coprodução entre Bananeira Filmes e O Som e A Fúria, ficou como projeto suplente.

Já os projetos de coprodução minoritária portuguesa escolhidos, a serem premiados pelo ICA/IP, foram: “Desterro”, de Maria Clara Escobar, parceria entre a Terratreme, de Portugal, e a Filmes de Abril Produções Audiovisuais, parceira majoritária brasileira, e “O clube dos anjos”, de Ângelo Defanti, coprodução entre a lusitana Ukbar Filme, e as brasileiras Dezenove Som e Imagens Produções e Sobretudo Produção Audiovisual e Artística.

Cada proposta receberá apoio do ICA/IP por meio de investimento equivalente, em moeda local, a 150 mil dólares. “António”, de Luís António Pereira, com a portuguesa Take 2000 e a brasileira Panda Filmes como parceiras, foi classificado como projeto suplente.

Comissão

A comissão do PRODECINE 08/2017 foi composta por representantes dos dois países. Ana Julia Cury Cabral, assessora internacional da ANCINE, e a cineasta Renata Martins, profissional do setor com notório saber, foram designadas pela ANCINE. Os indicados pelo ICA/IP foram Luís Chaby Vaz, presidente do instituto português, e Manuel Maria Henriques Pires Claro, coordenador do programa Europa Criativa. Clique aqui para acessar a ata com o resultado final do edital.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 novembro, 2017 11:50


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!