Fabiana Karla vive taxista sem papas na língua em ‘Altas Expectativas’

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 novembro, 2017 10:34

“Ali era pequeninho, mas o documento estava todo em dia. Você tinha que ver”, declara a personagem de Fabiana Karla, uma taxista, em relação ao seu ex-namorado anão no filme ALTAS EXPECTATIVAS, que chega aos cinemas em uma nova data: 7 de dezembro. Desinibida e sem papas na língua, ela conta sobre a sua vida amorosa para o passageiro Décio (Gigante Leo), enquanto o leva para o Jockey Club Brasileiro. A cena está disponível logo abaixo. Tímido, o treinador de cavalos acha graça e deixa de lado a insegurança que sente consigo mesmo por conta da sua deficiência física naquele momento. É uma batalha diária que ele vive internamente até que se encanta pela melancólica Lena (Camila Márdila), uma moça dona de um café, e vê que precisa deixar o receio de lado. Com cartas bem-humoradas, tenta arrancar um sorriso da comerciante, mas ainda precisa dividir a atenção dela com um playboy. Dirigido e escrito por Álvaro Campos e Pedro Antônio, a comédia dramática é produzida pela 2 Moleques Produções, coproduzida pela Globo Filmes/Telecine e distribuída pela Galeria Distribuidora.

Além deles, o elenco conta ainda com Maria Eduarda Carvalho, Felipe Abib, Milhem Cortaz, Pedro Sol, e participações especiais de Tiago Abravanel e Augusto Madeira. Maria Eduarda é Lia, joqueta e amiga acelerada do treinador de cavalos que vai tentar ajudá-lo a conquistar Lena. Já Felipe Abib interpreta Tassius, dono de um bar com apresentações de stand up comedy, que ajuda a aflorar o lado comediante do tímido Décio. Enquanto Milhem Cortaz vive o playboy Flávio, que faz de tudo para conquistar o coração da comerciante. Pedro Sol faz o papel de Téo, irmão de Lena.

“Altas Expectativas”, que fez sua estreia mundial no Festival de Montreal, no Canadá, e recebeu Menção Honrosa na Mostra Geração do Festival do Rio, é o primeiro longa-metragem dirigido e assinado em conjunto por Álvaro Campos e Pedro Antônio, também responsáveis pelo roteiro da produção. O filme marca ainda o debute de Gigante Leo como protagonista nos cinemas. A produção foi inspirada no romance do humorista com a sua esposa Carol. Anteriormente, o casal participou do curta-documentário “Leo & Carol”, também de Álvaro Campos, premiado Melhor Curta-documentário do Festival Inclús, de Barcelona, depois de ter conquistado o mesmo prêmio no Festival Sur Le Handicap, em Cannes.

O humorista foi o vencedor do Prêmio Multishow de Humor em 2012 e, no ano seguinte, fez sua estreia no cinema participando do filme “O Concurso”, de Pedro Vasconcelos. É ainda autor de seu próprio stand up comedy, “Verticalmente Prejudicado”, e já fez diversas participações na TV, como na novela “Novo Mundo” (Rede Globo, 2017) e na nova versão da “Escolinha do Professor Raimundo” (Rede Globo, 2016).

Décio (Gigante Leo) é um treinador de cavalos verticalmente desfavorecido. Entre adestrar os animais e controlar o temperamento forte de sua joqueta e melhor amiga Lia (Maria Eduarda Carvalho), ele não tem tempo para muita coisa. Sua vida tem uma reviravolta quando ele conhece Lena (Camila Márdila), uma jovem melancólica que herdou um café no Jockey Clube do Brasil. Para conquistar Lena, Décio vai ter que espantar outros pretendentes, a tristeza da moça e até seus próprios medos.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 novembro, 2017 10:34


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*