Filme brasileiro ‘As Duas Irenes’ é indicado ao prêmio Fénix 2017

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 outubro, 2017 12:30

O longa-metragem AS DUAS IRENES, dirigido por Fabio Meira, é um dos indicados ao Prêmio Fénix 2017. O filme brasileiro ​tem duas indicações: Melhor Direção de Arte e Melhor Figurino. Realizado anualmente, o Premio Iberoamericano de cine Fénix homenageia os profissionais da indústria cinematográfica da América Latina, Espanha e Portugal.

O filme que acaba de levar o filme April de Melhor Longa Metragem do festival de Milão,​ teve sua estreia mundial no Festival de Berlim, na mostra Generation, vencedor de quatro prêmios no Festival de Gramado, é o primeiro longa dirigido por Fabio Meira, que roteirizou junto com Caru Alves de Souza o longa De Menor – premiado como Melhor Filme do Festival do Rio de 2013

O filme é protagonizado pelas jovens atrizes goianienses, Priscila Bittencourt e Isabela Torres, que fazem sua estreia no cinema. O filme tem a narrativa construída a partir da vida de duas adolescentes e de seus pontos de vista. Rodado em Goiás, na cidade de Goiás Velho ao longo de cinco semanas e meia, o diretor tem um carinho especial pela cidade e principalmente pela sua luz, “Eu conhecia cada esquina da cidade de Goiás Velho, cresci e passei boa parte da minha juventude lá, e sempre quis filmar naquela luz, fazendo um recorte pouco conhecido de Goiás, mas que é tão especial para mim.”, diz o Meira.

No filme, Irene, uma garota de 13 anos, de uma família tradicional do interior, descobre que seu pai tem uma filha de outra mulher, com a mesma idade e o mesmo nome dela. Sem que ninguém saiba, ela decide procurar a garota e um mundo de descobertas se inicia.

No elenco, além das jovens estreantes, Marco Ricca (como o pai), Susana Ribeiro e as atrizes do Grupo Galpão Inês Peixoto e Teuda Bara. AS DUAS IRENES distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes está em cartaz através do projeto Sessão Vitrine Petrobras. Com patrocínio do Fundo de Cultura de Goiás, da Lei Goyases e do ProAc SP, o filme foi realizado com R$ 1,2 milhão e produzido pela Roseira Filmes e pela Lacuna Filmes, de Diana Almeida e Daniel Ribeiro – produtora do sucesso de público e crítica Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – e com coprodução da Balacobaco Filmes.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 outubro, 2017 12:30


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!