‘Doentes de Amor’ tem estreia nacional adiada para outubro

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 outubro, 2017 11:44

Dirigido por Michael Showalter (Doris, Redescobrindo o Amor), DOENTES DE AMOR foi lançado nos Estados Unidos com apenas 18 cópias e alcançou a marca de US$37 milhões em apenas oito semanas, tornando-se o novo fenômeno indie da temporada. O longa foi exibido no Festival Internacional de Locarno deste ano, no qual concorreu ao grande prêmio.

Baseado na história real de Kumail Nanjiani e Emily Gordon, que assinam o roteiro, o filme conta a história de amor do comediante paquistanês Kumail (interpretado por ele mesmo) e de Emily, uma especialista em aconselhamento familiar, que estava iniciando sua carreira como terapeuta. Por um período, eles namoraram, sem acreditar que o relacionamento teria continuidade.

Mas, quando Emily é diagnosticada com uma estranha doença e passa dias em coma induzido, Kumail percebe o quanto quer ter essa mulher a seu lado. E, então, começa seu dilema: lutar pelo seu amor ou acatar a tradição de sua família muçulmana conservadora, aceitando um casamento arranjado.

DOENTES DE AMOR tem no elenco, Zoe Kazan (Ruby Sparks – A Namorada Perfeita, Será Que?) da vida à Emily Gordon, Holly Hunter (E aí, Meu Irmão, Cadê Você?, O Piano) é Beth, mãe de Emily, e Ray Romano (Everybody Loves Raymond) interpreta o pai Terry. A produção é de Judd Apatow (Bem-Vindo aos 40, Missão Madrinha de Casamento, Descompensada) e Barry Mendel (Os Excêntricos Tenenbaums).

Quando o paquistanês aspirante a comediante Kumail encontra a estudante Emily, depois de um de seus shows de Stand-Up, o que eles achavam que seria apenas uma noite, floresce em algo real, que complica a vida e as expectativas da tradicional família muçulmana sobre Kumail. Quando Emily é atingida por uma estranha doença, Kumail é forçado a navegar por essa crise médica ao lado dos pais dela, Beth e Terry, a quem ele não conhecia, enquanto lida com a dura batalha emocional entre sua família e seu coração.
Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 outubro, 2017 11:44


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!