Pela primeira vez no Brasil, Pretty Yende e Javier Camarena encerram a série de concertos do Mozarteum Brasileiro 2017 em São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 31 julho, 2017 12:05

No encerramento de sua série de concertos 2017 na cidade de São Paulo, o Mozarteum Brasileiro recebe a soprano sul-africana Pretty Yende e o tenor mexicano Javier Camarena nos dias 8 e 9 de agosto. Aos 32 anos de idade, Yende é considerada uma revelação no mundo da ópera e Camarena, altamente elogiado ao redor do mundo, tem uma voz especial, que alcança a mais alta extensão da nota musical Dó, atributo raro na história da música. Além da estreia no Brasil, será a primeira vez que os dois excepcionais cantores se apresentarão juntos em recitais. Eles serão acompanhados pelo pianista cubano Ángel Rodriguez e executarão um repertório exclusivamente italiano, com peças de Gaetano Donizetti, Gioachino Rossini, Vincenzo Bellini e Giuseppe Verdi.

Aclamada pela crítica, a soprano teve rápida ascensão na carreira, que iniciou no coro gospel de uma igreja e alcançou os principais palcos do mundo, como Metropolitan Opera House, de Nova York, Convent Garden, de Londres, Deutsche Oper Berlim e Opera de Paris.

Em 2001, com 16 anos, Pretty Yende decidiu se dedicar à ópera. Nove anos depois conquistava fama internacional ao vencer todas as categorias do Concurso Belvedere, tornando-se a primeira artista a realizar tal proeza. Yende também obteve o primeiro lugar no Concurso Operalia, de Plácido Domingo. A respeito de uma de suas apresentações no Metropolitan Opera House, o jornal The New York Times publicou: “Sua voz tem um brilho luminoso combinado com determinação de aço… ela entregou algumas das passagens de coloratura mais difíceis com precisão cintilante”.

Já o tenor mexicano Javier Camarena ficou conhecido como “furacão do mundo da ópera” quando, em 2014, entrou para o time de Luciano Pavarotti e Juan Diego Flórez. Foi o terceiro cantor em 70 anos a dar um bis em cena aberta no Metropolitan Opera House de Nova York, feito que se repetiu  no Teatro Real de Madrid. O tom intenso, a vocalização firme e flexível e a coloratura ostensiva renderam a Camarena importantes papeis em óperas de Bellini, Bizet, Donizetti, Haydn, Mozart, Rossini e Verdi. Entre as canções do repertório em São Paulo, Camarena interpretará a aria que o tornou tão popular, “Sì, ritrovarla io giuro”, da ópera La Cenerentola (A Cinderela), de Rossini. Uma oportunidade imperdível em sua estreia em palcos brasileiros.

Junto à dupla estará o pianista cubano Ángel Rodriguez, que traz em seu currículo apresentações nas principais salas de concerto da Europa, Ásia e América, entre as quais se destacam Teatro Real de Madri, Konzerthaus (Berlim), Kennedy Center em Washington, Opernhaus de Zurique e o prestigioso Rosenblatt Recitals, em Londres. Rodriguez já executou seu repertório, com mais de noventa títulos, ao lado de grandes cantores de ópera, como Plácido Domingo, Luciano Pavarotti e Anna Netrebko, entre outros.

SERVIÇO
Pretty Yende, soprano & Javier Camarena, tenor
Angel Rodriguez, piano
Data: 8/8 e 9/8 – Às 21h
Sala São Paulo
Endereço:
Praça Júlio Prestes, 16
Preços/Setores: R$ 210 (D); R$ 340 (C); R$ 480 (B); R$ 600 (A)
Ingressos: Mozarteum Brasileiro – (11) 3815-6377 www.mozarteum.org.br e Ingresso Rápido www.ingressorapido.com.br (11) 4003.1212 (ambos sem taxa de conveniência), e na bilheteria da Sala São Paulo.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 31 julho, 2017 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

O Parque dos Sonhos

Facebook

Escape Room