Nilze Carvalho recebe Nei Lopes no Sesc Belenzinho

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 julho, 2017 15:08

O Sesc Belenzinho apresenta, no dia 8 de julho (sábado, às 21h), a cantora e compositora Nilze Carvalho que se apresenta ao lado do convidado Nei Lopes, veterano sambista e pesquisador das culturas africanas. O espetáculo, que integra o projeto Salve Samba!, acontece no Teatro da unidade.

Nilze promete mostrar o repertório de Verde, Amarelo, Negro, Anil (disco indicado ao Grammy Latino de melhor álbum de samba, em 2015). O repertório do show mistura composições próprias a versões de sambas de outros autores, interpretadas de forma pessoal e com arranjos próprios.

No palco, Nilze Carvalho (voz, cavaquinho e bandolim) e Nei Lopes (voz) contam com o talento dos músicos Hudson Santos (violão), PC Castilho (sopros), Zé Luiz Maia (baixo), Diego Zangado (bateria), Thiaguinho da Serrinha (percussão) e Luiz Augusto (percussão).

Nilze Carvalho começou carreira aos seis anos se apresentando em rádios e TVs, inclusive no Fantástico da TV Globo. Dos 11 aos 14 anos, gravou como bandolinista na série de LPs Choro de Menina, em dois deles acompanhada pelo Época de Ouro. Iniciou carreira internacional aos 15, fazendo turnês na Itália, Espanha, França, Suíça, Holanda, Estados Unidos, Japão, Argentina, China e Austrália. De volta ao Brasil, em 2000, Nilze e seus colegas de faculdade fundam o Sururu na Roda, eleito o Melhor Grupo de Samba no Prêmio da Música Brasileira 2014, com o qual viajou para Costa Rica, Guatemala, Estados Unidos, Belize e Japão.

Em 2002, participou do show O Samba é a Minha Nobreza, de Hermínio Bello de Carvalho, e Lembranças Cariocas, de Lefê Almeida. Nilze lançou o disco Estava Faltando Você (gravadora Fina Flor) com o qual foi indicada ao Prêmio Tim de melhor cantora de samba. Em 2008, idealizou e produziu o projeto Samba na Universidade, com participação de Monarco, Nelson Sargento, Nei Lopes, Ana Costa e Sururu na Roda.

Em 2010, lançou o CD O que é Meu (Biscoito Fino) e, em 2014, veio Verde, Amarelo, Negro, Anil (Rob Digital). Participou dos DVDs Samba Social Clube 2 e 4 e Gafieira, de Zeca Pagodinho; gravou o samba “Acreditar” ao lado de D. Ivone Lara no DVD Cidade do Samba e a faixa de abertura do CD em homenagem a Clara Nunes; fez participação especial no disco Palavras de Guerra, de Olívia Hime, e também a faixa “Já Mandei Botar Dendê” no Sambabook de Zeca Pagodinho.

Salve Samba! é um projeto que contempla o ritmo genuinamente brasileiro em seus diversos estilos apresentado por artistas da jovem e da velha guarda.

SERVIÇO
Show: Nilze Carvalho convida Nei Lopes
Data: 8 de julho. Sábado, às 21h
Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Local: TEATRO
Capacidade: 392 pessoas
Duração: 1h30
Classificação etária: 12 anos
Ingressos: R$ 25,00 (inteira); 12,50 (aposentado, pessoa com mais de 60, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública) e R$ 7,50 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Venda pelo Portal e unidades Sesc).

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 5 julho, 2017 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Homem Aranha - Longe de Casa

Facebook

Kardec