Começa as filmagens de ‘Albatroz’, longa de Daniel Augusto

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2017 11:55

ALBATROZ, novo longa-metragem da Loma Filmes, com coprodução Globo Filmes e Telecine e distribuição Paris Filmes e Downtown Filmes começou a ser rodado em São Paulo, sob direção de Daniel Augusto (de “Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho”). Também assinam o roteiro Fernando Garrido e Stephanie Degreas, colaboradores de Mantovani na TV Globo.
Protagonizada por Alexandre Nero, que interpreta o fotógrafo Simão, a narrativa lança mão de descobertas recentes da neurociência para tecer uma trama de suspense que explode as fronteiras entre a realidade, o sonho e o delírio.

A produção reúne no elenco Andrea Beltrão, Maria Flor, Camila Morgado, Andréia Horta, Gustavo Machado, Roney Facchini, Bel Kowarick, Paula Picarelli e Martha Nowill.

“É um privilégio dirigir uma história tão incomum, rica em sutilezas e com uma construção tão rigorosa quanto esta – conta Daniel Augusto. – Alexandre dá vida a um personagem singular, cuja trajetória oferece enigmas que colocam o espectador num suspense contínuo, sempre provocando-o a decifrar as múltiplas camadas de sentido que buscamos em cada cena. Nossa ideia é construir o filme como uma história que jogue com o prazer de decifrar, dando ao público  oportunidade de interpretar os caminhos e descaminhos dos personagens.”

– Trabalhar com um elenco de peso é sempre muito positivo – explica Marcio Fraccaroli, CEO da Paris Filmes. – Levar aos cinemas uma boa história, que fortaleça a representatividade do cinema nacional e conquiste o grande público é muito gratificante.

Casado com Catarina (Maria Flor), compositora de jingles publicitários, Simão (Alexandre Nero) se apaixona pela atriz judia Renée (Camila Morgado) com quem viaja a Jerusalém. Ali o fotógrafo registra um atentado terrorista frustrado (e mal explicado). As fotos do atentado tornam Simão mundialmente famoso. Porém, ao mesmo tempo, disparam críticas ferrenhas à sua atitude: em vez de tentar evitar a tragédia, preferiu fotografar.

Simão sucumbe à depressão e abandona a fotografia, declarando estar interessado apenas em fotografar seus sonhos. Enquanto tenta salvar seu casamento com Catarina e recuperar sua pulsão criativa dedicando-se às artes plásticas, Simão é procurado pela ex-namorada de adolescência e primeiro amor de sua vida, Alícia (Andrea Beltrão), que o convida a realizar seu desejo de fotografar os sonhos no laboratório da neurocientista Dra. Weber (Andréia Horta).

A aventura artístico-científica, porém, logo se revela uma terrível armadilha. Incapaz de saber se está sonhando ou se está acordado, Simão enfrenta aterradores fantasmas do passado e teme estar sendo usado em uma sinistra conspiração política de consequências potencialmente catastróficas. 

O longa-metragem tem estreia agendada para 2018.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 19 junho, 2017 11:55


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

Paris Pode Esperar


Um Tio Quase Perfeito