Lee e Leslie Strobel – A história do casal é o coração emocional do filme ‘Em Defesa de Cristo’

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 13 junho, 2017 14:52

O filme Em Defesa de Cristo é um longa cheio de bons motivos para ser assistido. Ele pode ser considerado um filme investigativo, intrigante e revelador, mas, que também fala de amor, fé e perseverança baseados na vida do casal, Lee e Leslie Strobel.

Com lançamento marcado para 27 de julho no Brasil, Em Defesa de Cristo, conta a história da saga espiritual de Lee, um jornalista que vive um duelo emocional: a ascensão profissional e o declínio matrimonial causado pela conversão da esposa ao cristianismo. Ateu e bem-sucedido, Lee vê a família ameaçada pela nova fé e uma história de amor, que começou ainda na adolescência, prestes a mudar.

Confrontado com a fé recém encontrada de sua esposa, Lee embarcou em uma jornada para desacreditar a esposa e salvar o casamento, mas Leslie estava decidida. “O Lee estava feliz, mas eu me sentia vazia. Eu sabia que havia algo a mais para viver com Deus, só não sabia o que era.  Tudo que eu queria era ser uma esposa e uma mãe, mas não me sentia realizada, me sentia incompleta”, disse ela.

Leslie admite que começou com o pé esquerdo, falando aos poucos sobre o assunto e sobretudo não deixou de amar o marido. Enquanto isso, ele buscava provas de que a ressurreição de Cristo foi uma farsa. Embora levasse um tempo, ela cria que Lee mudaria de ideia e, por isso, persistiu. “Eu não acreditava, mas percebi que se fosse verdade, isso teria imensas implicações na minha vida”Relembra Lee. Como Leslie previa, essas atitudes deram fruto. “Acredito que Deus tem seu tempo, e esse tempo foi de quase dois anos”, destacou ela que também é autora de livros cristãos e junto com o esposo redigiu “Spiritual Mismatch”, que em português significa incompatibilidade espiritual.

“Acreditar + Receber = Tornar-se” – João 1:12

Durante o tempo em que Leslie esteve em oração pela a vida de Lee Strobel, uma das estratégias foi deixar bilhetes com versículos bíblicos para ele pela casa. Um deles foi crucial para o jornalista. Está em João 1: 12 que, de acordo com Lee, foi o último trecho da Bíblia que leu ainda ateu.

Esse versículo é o que Lee diz que Deus usou para o trazer para a fé. “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome”, Lee descreve isso como uma equação que entende como conhecer Deus:  Acreditar + Receber = Tornar-se.  É um versículo que ele usa até hoje para mostrar às pessoas que estão se perguntando o que significa se tornar um cristão.

Sobre Em Defesa de Cristo ter se tornado um filme e estar prestes a ser exibido no Brasil, nosso protagonista acredita que a história chega num momento de relativismo cultural onde a verdade está sendo atacada e, por isso, considera o momento perfeito para assistir. “ Realmente sinto que esse filme vai capturar a imaginação das pessoas e encorajá-las a levar a sério o fato de que há boas provas para acreditar que Jesus é o que ele afirmou ser.” Finalizou Lee que hoje é pastor-professor na Woodlands Church no Texas, palestra várias vezes por ano e acaba de entrar como professor de Pensamento Cristão na Universidade Batista de Houston.

Sobre Em Defesa de Cristo

Com estreia marcada para 27 de julho nos cinemas do Brasil, o filme Em Defesa de Cristo é baseado na história real de Lee Strobel, um premiado jornalista ateu que vê sua esposa se converter à fé cristã e, sem concordar com a atitude, entra numa jornada de investigação à maior história de todos os tempos. Nessa busca, ele encontrará fatos inesperados e transformadores.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 13 junho, 2017 14:52


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!