Casa das Rosas exibe Os vivos e os mortos, filme inspirado em clássico de James Joyce

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 31 maio, 2017 12:36

O Bloomsday – dia do Bloom – é comemorado dia 16 de junho e homenageia o personagem Leopold Bloom, criação de James Joyce em sua obra mais conhecida, Ulisses. No romance realista, o autor irlandês satiriza o clássico A Odisséia, de Homero. A comemoração do Bloomsday começou em 1924, quando amigos ofereceram uma festa ao escrito que havia se lançado em um empreendimento ainda mais ambicioso: Finnegans Wake. Em 1954, a festa passou a ser regular em Dublin, com fãs se reunindo para beber e celebrar. Hoje, o Bloomsday é comemorado em Nova York, Washington, Melbourne, Sydney e em São Paulo.

Dentro do mês em que acontecem as festividades do Bloomsday, a Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciada pela Poiesis, realiza uma programação especial para celebrar a única data comemorativa exclusivamente dedicada a um personagem de livro. Dentre as atividades, no dia 1 de junho, quinta, às 19h30, haverá exibição de Os vivos e os mortos (1987) (FOTOS), adaptação cinematográfica da obra do escritor. A exibição faz parte da programação Jardim Paradiso, que é gratuita, e realizada na área externa do Museu.

Os vivos e os mortos, último filme do diretor John Huston, conta a história de Gabriel (Donald McCann) e Gretta (Anjelica Huston, filha do diretor), um casal que, em uma noite fria de 1904, vai a um jantar na casa de duas senhoras e começam a lembrar dos tempos e amigos que já se foram. O trabalho foi inspirado no conto Os mortos de James Joyce.

A atividade é uma parceria com a Versátil Home Vídeo que desde 1999 é a principal distribuidora de filmes do cinema cult europeu, brasileiro e americano em versões com cópias restauradas e conteúdo extra. São mais de 500 filmes lançados com acabamento de qualidade e diversas coleções e parcerias no mercado. “A parceria com a Casa das Rosas é um encontro de projetos, de difusão cultural e conteúdo de qualidade na área de cinema. Um projeto que fomenta a cinefilia de estudo da história do cinema do qual muita gente terá o primeiro contato com filmes selecionados num local privilegiado na Avenida Paulista”, conta Fernando Brito, da Versátil.

SERVIÇO

SERVIÇO: Jardim Paradiso

Os vivos e os mortos | 1/6 | 19h30
Recomendação etária: 14 anos
Duração: 83 min.

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37 – próximo à estação Brigadeiro do metrô.

Funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 10h às 18h. Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados).
Telefone: (11) 3285-6986 | (11) 3288-9447 | www.casadasrosas.org.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 31 maio, 2017 12:36


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel