Dead Fish divulga “Afasia”, faixa ao vivo do DVD “XXV Ao Vivo Em SP”

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 maio, 2017 16:09

Dead Fish divulga “Afasia”, faixa ao vivo do DVD “XXV Ao Vivo Em SP”

Formada na capital capixaba, e considerada um dos principais nomes do hardcore no Brasil, a banda Dead Fish registrou em 2016 seus 25 anos de carreira em uma apresentação na Audio Club, casa de shows na capital paulista.

Questionado sobre a experiência de gravar na Audio Club, o vocalista Rodrigo afirma: “É o mesmo sentimento que tive quando batemos o recorde de arrecadação no crowdfunding do álbum ‘Vitória’”.

“XXV Ao Vivo Em SP”, será lançado pela Hearts Bleed Blue (HBB) nos formatos DVD e CD, com 34 faixas que revisitam a carreira da banda. O registro, que tem direção de Daniel Ferro e áudio gravado por Fernando Sanchez, tem a participação dos ex-integrantes Murilo nas faixas “Ad Infinitum” e “Revólver”; e Phill (CPM 22) nas faixas “Asfalto” e “Diesel”, Victor Isensee (ex-Forfun e Braza) em “Tão Iguais”, Michele (fã) em “MST” e do Rapper Black Alien em “Mulheres Negras”.

“Afasia”, lançada originalmente em 2001 no álbum que leva o mesmo nome, além de ser o primeiro single deste registro ao vivo, é faixa que abre o DVD de 25 anos do Dead Fish.

“Esse trabalho marca nossa história. Primeiro por ser muito bem feito e segundo por fechar mais um ciclo da banda e começar outro. Ter chamado ex-integrantes pra estarem conosco todo tempo foi importante, me fez lembrar um monte de histórias que vivemos e que enfim se tornaram história. Os convidados de outras bandas foram perfeitos e muito generosos, a Michele Escoura veio de Belém pra estar conosco, um dos maiores rappers do planeta ensaiou conosco, deu ideias e ainda quis cantar o refrão de ‘Mulheres Negras’ conosco. É realmente um marco pra banda”, finaliza Rodrigo.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 maio, 2017 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*