2º Festival Cine Inclusão recebe inscrições de curtas-metragens para suas mostras

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 9 maio, 2017 15:51

Estão abertas as inscrições para a Mostra Competitiva e Mostra Idosos em Ação do 2º Festival Cine Inclusão no período de 2 de maio a 2 de julho. Nesta edição, o Festival lança um olhar para a terceira idade, uma faixa etária crescente na população brasileira e que necessita, cada vez mais, de ações culturais e visibilidade.

Idealizado pelo produtor Daniel Gaggini e realizado pela MUK, o Festival será realizado entre os dias 9 e 23 setembro nas Comunidades de Heliópolis e Paraisópolis, além da região central da cidade de São Paulo. A programação é composta por oficinas de capacitação cinematográfica para pessoas com mais de 60 anos, debates e exibição de 23 curtas (nacionais e internacionais) e um longa-metragem. A programação será divulgada oportunamente.

A curadoria do 2º Festival Cine Inclusão é de responsabilidade do cineasta Victor Fisch e da pesquisadora e curadora Luciana Rossi, tendo participação também da produtora portuguesa Elsa Barão, responsável pela seleção dos filmes da Abertura Oficial. A direção geral do evento é de Luh Moreira.

Mostra Competitiva: Podem ser inscritos filmes de curta-metragem cujos temas estejam relacionados à terceira idade (ou seus protagonistas já tenham mais de 60 anos).

Mostra Idosos em Ação: Podem ser inscritos filmes de curta-metragem que tenham sido realizados por diretores com mais de 60 anos de idade.

As inscrições: A participação é aberta a cineastas, entidades e artistas independentes. É imprescindível que os filmes se enquadrem no perfil de cada mostra. As inscrições devem ser efetuadas por meio da ficha de inscrição disponível no site www.cineinclusao.com.br/festival. É necessário ler o regulamento e preencher a ficha, até o dia 02 de julho. Só serão aceitas inscrições de cineastas independentes e/ou periféricos.

A primeira edição do Festival Cine Inclusão foi realizada em 2015, contemplando as comunidades de Capão Redondo e Cidade Tiradentes, além do Memorial da América Latina. O evento, que reuniu mais de 400 espectadores, exibiu 26 filmes em 14 sessões abertas gratuitas, capacitou 46 jovens em oficinas de cinema e produziu duas obras audiovisuais. Promoveu também um debate com participação dos institutos Criar e Querô e dos projetos É Nóis na Fita e Kaminu Filmes (Colômbia).

A logomarca e arte visual desta edição foram criadas e desenvolvidas por Amanda Daphne, ex-aluna do projeto Cine Inclusão. Os vídeos promocionais também são assinados por ex-alunos: Juliana Samberg, Davi Benseman, Lucas Campos e José Neo de Souza. Com participação também de Camila Aguiar, Gabriel Faustino, Daniela Navarro, Jaqueline Samberg (nos vídeos) e Eugênia Cecchini (designer gráfico).

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 9 maio, 2017 15:51


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

Paris Pode Esperar


Um Tio Quase Perfeito