Danielle Winits e Tatsu Carvalho usam brinquedo sexual em ‘Ninguém Entra, Ninguém Sai’

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 maio, 2017 11:29

“A doutora pediu o presentinho dela”, comunica o assessor e segurança Acauã (Tatsu Carvalho) à recepcionista Edilene (Renata Castro Barbosa) em uma das cenas (assista logo abaixo) de Ninguém Entra, Ninguém Sai, comédia que estreia hoje, 4, nos cinemas. Ele se refere ao brinquedinho sexual que a juíza Letícia, sua parceira, solicitou logo na chegada ao motel Zeffiro’s. E, na mesma hora, recebe da funcionária uma caixa grande que retira da prateleira.

Renata Castro conta que sua personagem tem uma vida pacata e um marido bacana e sente prazer em trabalhar no local atendendo aos clientes: “Acho que isso dá uma sensação de poder para ela”, explica. Edilene costuma satisfazer as vontades dos hóspedes, além de fornecer os brinquedinhos sexuais que ficam na prateleira da recepção.

Com a interdição do motel, cercado de policiais e imprensa por causa da suspeita de um vírus, Edilene perde o controle no momento em que se vê obrigada a ficar em quarentena sem poder sair de lá:

“A sensação que eu tenho é que ela faz sempre a mesma coisa. Quando sai do controle, da rotina, eu acho que ela vai surtando. Esse que é o barato dela, que a gente vai descobrindo que ela é mais louca que a gente imagina”, completa.

Ninguém Entra Ninguém Sai – Recepção

Um acontecimento inesperado surpreende os casais durante seus encontros amorosos em um motel. Repentinamente cercado pela polícia, pela imprensa e por curiosos, agora ninguém poderá entrar, e pior, ninguém poderá sair do motel. Sem saber o motivo do cerco ou o que fazer para poder sair, está instalada uma grande e muito divertida confusão.

Integram o elenco de “Ninguém Entra, Ninguém Sai” nomes como Danielle Winits, Tatsu Carvalho, Rafael Infante, Leticia Lima, Mariana Santos, Emiliano d’Avila, João Côrtes, Bella Piero, Gabriel Totoro, Catarina Abdalla, Paulinho Serra, Renata Castro Barbosa, Anselmo Vasconcellos, Antonio Pedro, Guta Stresser, Monique Alfradique, André Mattos e Sérgio Mallandro.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 4 maio, 2017 11:29


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

Paris Pode Esperar


Um Tio Quase Perfeito