Veja os novos e belíssimos cartazes de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 17 abril, 2017 14:58

Um série de cartazes (todos internacionais) foram lançados pela Walt Disney para filme PIRATAS DO CARIBE: A VINGANÇA DE SALAZAR (Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales). Dirigido por Espen Sandberg e Joachim Rønning (Expedição Kon Tiki), o quinto filme da franquia blockbuster inspirado na atração clássica do parque temático da Disney, que faturou $3,7 bilhões mundiais de bilheteria.

Johnny Depp retorna em seu papel marcante, indicado ao Oscar®, do Capitão Jack Sparrow, um dos personagens mais amados da história do cinema, agora ao lado do ganhador do Oscar® Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez, 007 – Operação Skyfall), dos jovens astros em ascensão Kaya Scodelario (Maze Runner – Correr ou Morrer, Skins, da televisão britânica) e Brenton Thwaites (Malévola, O Doador de Memórias) e Golshifteh Farahani (A Pedra de Paciência, Êxodo: Deuses e Reis). Voltando à ação estão o ganhador do prêmio da Academia® Geoffrey Rush como Barbossa, Kevin R. McNally como Joshamee Gibbs e Stephen Graham como Scrum.

Envolvido em uma inédita aventura, um desafortunado Capitão Jack encontra os ventos da má sorte soprando ainda mais forte quando piratas fantasmas assassinos liderados por seu antigo inimigo, o terrível Capitão Salazar (Bardem), escapa do Devil’s Triangle, determinado a matar todos os piratas no mar… inclusive ele. A única esperança de sobreviver do Capitão Jack está em procurar o lendário Tridente de Poseidon, um artefato poderoso que concede a quem o possui o poder total de controlar o mar.

Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales é produzido por Jerry Bruckheimer e escrito por Jeff Nathanson (Prenda-me Se For Capaz, Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal). Os produtores executivos são Chad Oman, Joe Caracciolo, Jr. e Brigham Taylor.

A equipe de cineastas formada por Sandberg & Rønning dirigiu Expedição Kon Tiki (Kon-Tiki), a aclamada história do famoso explorador Thor Heyerdahl, que foi indicada ao prêmio da Academia® e ao Globo de Ouro® de Melhor Filme Estrangeiro para sua terra nativa, a Noruega. Depois de trabalharem como diretores comerciais e musicais premiados, Rønning e Sandberg dirigiram o drama de ação da Segunda Guerra Mundial, Max Manus (Max Manus: Man of War) antes de fazer Expedição Kon Tiki (Kon-Tiki). Mais recentemente, Rønning e Sandberg foram produtores executivos e dirigiram os dois primeiros episódios da minissérie da Netflix, Marco Polo, que filmaram em locações exóticas na Malásia, Cazaquistão e Veneza. Recentemente, uma segunda temporada foi anunciada para Marco Polo, com Rønning e Sandberg como produtores executivos.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 17 abril, 2017 14:58


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*