Nova Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro fará sua estreia no Música em Trancoso

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 março, 2017 15:08

Nova Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro fará sua estreia no Música em Trancoso

Abrir novos caminhos para estudantes de música ou recém-formados em universidades, que não têm espaço para atuar profissionalmente e assim evoluir em sua área, em um país onde a cultura tem sido cada vez mais desvalorizada. Esse é o objetivo do Mozarteum Brasileiro ao criar a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, que estreia durante o Música em Trancoso, de 18 a 25/3, no sul da Bahia, acompanhando solistas de reconhecido prestígio internacional.

Selecionados entre 250 inscritos, e com direção artística de Sabine Lovatelli, os 62 bolsistas atuarão com 15 músicos profissionais, regidos pelo maestro Carlos Moreno, um grande mestre na área, um dos mais requisitados de sua geração, atuando no Brasil, Europa, Estados Unidos e Ásia. Foi vencedor do 5º Concurso Latino-Americano para Regentes promovido pela OSUSP em 1998 e do Prêmio Carlos Gomes Revelação em 2003.

“Incentivar a carreira de jovens músicos e revelar talentos é um dos principais objetivos do Mozarteum Brasileiro, e a criação da Orquestra dará oportunidade a esses jovens, que terão a chance de vivenciar o cotidiano de um grupo sinfônico e desenvolver suas aptidões ao lado de grandes profissionais”, afirma Sabine, presidente do Mozarteum Brasileiro. “E o que caracteriza uma orquestra acadêmica é justamente a vivência regular e profissional entre professores e alunos, possibilitando constante aprendizado”, completa.

A orquestra é composta por 77 músicos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, clarineta, oboé, fagote, trompa, trompete, trombone, tuba, percussão e harpa. E os bolsistas são de várias cidades brasileiras, como Manaus, Goiânia, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Limeira, Catanduva e Campinas – eles receberão bolsa de R$1.000,00 por mês. Já os profissionais são oriundos de instituições como OSESP, OSM – Orquestra Sinfônica Municipal, Orquestra Sinfônica do Theatro São Pedro, Orquestra Sinfônica Brasileira – Rio de Janeiro e OSUSP – Orquestra Sinfônica da USP.

Para Carlos Moreno, “a criação da orquestra é uma excelente notícia, que gera esperança em um momento particularmente ruim para a música clássica no País”. A idade média dos bolsistas é de 25 anos e têm boa formação acadêmica, mas precisam dar continuidade aos estudos, “se lapidar, então estamos preenchendo essa lacuna”. Durante o Música em Trancoso, acrescenta o maestro, “bolsistas e profissionais da orquestra terão uma sinergia incrível com os proeminentes músicos da Filarmônica de Berlim, entre outros importantes grupos europeus”.

Programação da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro

A orquestra ensaiará em São Paulo até o dia 15 de março e, em Trancoso, a partir do dia 17. Subirá ao palco em várias oportunidades, entre elas, nos dias 18, 19, 22, 23 (bolsistas selecionados). Além disso, fará 16 concertos didáticos (iniciação musical) em escolas de Porto Seguro, Arraial d’Ajuda e Trancoso e apresentações em espaços públicos da região, como os Concertos no Bosque, nos dias 23 e 24.

Em São Paulo, a Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro se apresentará com a soprano alemã Diana Damrau e o baixo-barítono francês Nicolas Testé, na Sala São Paulo, nos dias 1 e 2/5.

“É uma oportunidade única se apresentar junto com relevantes nomes da cena erudita internacional, como solistas europeus e a soprano Diana Damrau e Nicolas Testé”, afirma Sabine. Independentemente das atrações do Mozarteum Brasileiro, a orquestra poderá acompanhar outros artistas e grupos. “Queremos criar novos caminhos para esses músicos e queremos que tenham uma agenda cheia de apresentações, mesmo para outras instituições”, conclui.

O Mozarteum

Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko, é uma das mais conceituadas associações culturais do país e tem como objetivo valorizar e difundir a cultura musical. Por meio da organização e promoção de espetáculos de música erudita e da manutenção de uma série de atividades educativas em São Paulo e Trancoso, sul da Bahia, fomenta a inclusão social e estende o acesso ao melhor da música para o maior número de pessoas. Desde 1981, início de suas atividades, vem atuando para cumprir dois grandes objetivos: trazer a excelência musical internacional para o público brasileiro e, ao mesmo tempo, incentivar o desenvolvimento pessoal e social por meio de várias iniciativas de cunho cultural e educativo. Traz ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo e abre espaço em sua programação para a apresentação de orquestras jovens e novos talentos brasileiros. Em sua trajetória, realizou mais de 1.500 concertos, que foram vistos por mais de dois milhões de espectadores, em salas de concertos e locais públicos. Mais de nove mil alunos passaram pelas masterclasses e 240 jovens talentos foram encaminhados às melhores instituições musicais nacionais e europeias, por meio de bolsas de estudos concedidas pela instituição.

Música em Trancoso

O Música em Trancoso surgiu em 2012 como fruto do sonho de quatro amigos. Sabine Lovatelli, Reinold Geiger, Carlos Eduardo Régis Bittencourt e François Valentiny desejavam realizar um evento que reunisse jovens músicos e profissionais consagrados e, ao mesmo tempo, colaborasse para promover as belezas naturais da região e estimulasse seu desenvolvimento econômico. Com direção artística do Mozarteum, já passaram pelo evento mais de 45 mil espectadores e quase 1.000 músicos subiram ao palco, reunindo intérpretes de reconhecimento internacional da música erudita e popular do Brasil e de várias partes do mundo, além de orquestras jovens brasileiras. Com duas plateias (uma coberta e outra ao ar livre, com 1.058 lugares cada) o Teatro L’Occitane também abriga variadas atividades culturais e socioeducativas, transformando-se em um centro permanente de produção e disseminação cultural. O anexo Facilities dispõe de salas para ensaios, aulas e reuniões; bar e toaletes.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 março, 2017 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook