House Sounds: Documentário conta a trajetória de coletivo de música da periferia de SP

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 fevereiro, 2017 11:44

A Coleta Filmes está lançando o documentário “House Sounds”, que conta a história do coletivo de música homônimo criado na zona sul da capital paulista. Com 17 minutos de duração, o documentário está disponível online, nas páginas da Coleta Filmes no Youtube e no Facebook.

“É importante documentar o que vem sendo feito, incentivar outras pessoas e divulgar uma cultura que vivenciamos”, afirma o diretor Bruno “Ricota” Ramos. Produzido pela Coleta Filmes, “House Sounds” oferece uma imersão no universo de um Soundsystem, parte da cultura de reggae/dub de São Paulo. “Nossa ideia foi mostrar como cada componente traz sua personalidade para o que eles fazem – cada um tem o seu jeito, a sua maneira e a do House Sounds é essa.

O documentário nasceu da necessidade em mostrar o coletivo em uma tour fora do país. “Nós começamos a filmar e, no decorrer, percebemos o material que tínhamos em mãos. Então passamos a registrar mais edições da Revelation Time (festa organizada pelo coletivo) e partimos pra esse formato com entrevista e história da crew”, explica Ramos.

Ficha Técnica
Produção: Coleta Filmes
Direção: Bruno Ramos
Fotografia: Allan Lima, Bruno Ramos e Lazaro Eduardo
Roteiro: Bruno Ramos
Pesquisa: Bruno Ramos, Daniel Ferreira (Jump)
Som Direto: Lazaro Eduardo
Edição/Montagem: Bruno Ramos
Masterização: Victor Rice
Arte: Vinícius Valadão
Motion Design: Rafael Ribeiro
Assistência de Câmera: Fábio Pimenta, Xigato Taniguti
Tradução: Fábio Pimenta, Marcelo Favero, Xigato Taniguti

Músicas:
King Tubby – Flag Dub
Boom Back – Ghetto Life
The Eclipse Band – Daylight Robbery
Martin Campbell – Ignorance and Poverty
Augustus Pablo – King Tubby meets Rockers Uptown
Ronnie Davis – Jah Jah Jehovia
Vivian Jones – What a Bam Bam (House Sounds Dubplate)

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 fevereiro, 2017 11:44


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec