Exibido em Cannes e no Festival Varilux, longa francês ‘Os Cowboys’ estreia 16 de março nos cinemas

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 fevereiro, 2017 14:49

Depois de integrar a programação do Festival Varilux de Cinema Francês 2016, o longa-metragem francês OS COWBOYS (Les cowboys), dirigido por Thomas Bidegain, estreia nos cinemas brasileiros em 16 de março, com distribuição da Bonfilm. O trailer traz uma prévia da incansável jornada que Alain Balland (François Damiens) e seu filho caçula Kid (Finnegan Oldfield) embarcam após o desaparecimento de Kelly, a filha mais velha de 16 anos, que fugiu com um jovem islamista radicalizado.

Iêmen, Dinamarca, Turquia. O pai e o filho mais novo não hesitam em deixar o interior da França para procurar pela primogênita. Por longos anos, os dois deixam de viver as suas vidas para se dedicar a este único objetivo.

Indicado ao prêmio César 2016 nas categorias Ator (François Damiens), Ator Promissor (Finnegan Oldfield), Melhor Primeiro Filme (Thomas Bidegain) e Melhor Trilha Sonora, o filme participou ainda dos Festivais de Cannes 2015 e de Toronto 2015.

Além de François Damiens e Finnegan Oldfield, o elenco conta com nomes como: Agathe Dronne, Ellora Torchia, John C. Reilly, Antoine Chappey, Maxim Driesen, Jean-Louis Coulloc’h, Gilles Treton, Francis Leplay, Djemel Barek, Mounir Margoum, Leila Saadali e Laure Calamy.

Produtor e roteirista de vários filmes, entre eles “O Profeta” (2009, Prêmio César de Melhor Roteiro Original em 2010), “Ferrugem e Osso” (2012, Prêmio César de Melhor Adaptação em 2013) e “Dheepan: O Refúgio” (2015, Palma de Ouro no Festival de Cannes), “Os Cowboys” é a primeira direção de Bidegain. Ele conta que o filme teve uma maturação lenta e aos poucos as ideias foram surgindo e os personagens amadurecendo. O eixo de desenvolvimento da historia foi a recriação da estrutura narrativa do clássico de faroeste, “Rastros de Ódio” de John Ford, e da linguagem do western, aplicadas a uma historia atual.

“Queríamos falar do mundo, contar sobre os primeiros anos do século XXI. Daí, também, a ideia de faroeste e do espírito pioneiro que tenta fazer a fronteira recuar. Nossos personagens são pessoas simples, que talvez se vistam como caubóis, mas poderíamos cruzar com eles na rua. São eles que nos fazem entrar na história. No fundo, o filme só fala disso: da história de gente simples, projetada na confusão do mundo que não entende”revela Thomas Bidegain.

Nos cinemas a partir de 16 de março, “Os Cowboys” é a primeira produção distribuída pela Bonfilm em 2017. Também exibido no Festival Varilux de Cinema Francês do ano passado, “O Novato”, de Rudi Rosenberg chega aos cinemas em 20 de abril.

Uma extensa planície, um encontro country western em algum lugar do leste da França. Alain é um dos pilares dessa comunidade. Ele dança com Kelly, sua filha de 16 anos, sob o olhar terno da esposa e do caçula Kid. Mas nesse dia, Kelly desaparece e a vida da família desmorona. Alain não vai desistir de procurá-la, perdendo o amor da família e tudo que possuía. Ele é lançado na violência do mundo. Um universo em plena mudança onde seu único apoio será seu filho Kid, que sacrifica sua juventude e embarca com o pai nessa busca sem fim.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 16 fevereiro, 2017 14:49


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Facebook

Comeback


Punhos de Sangue