IMS-RJ apresenta exposição dedicada à flora brasileira com litografias do botânico alemão Von Martius

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 janeiro, 2017 11:04

Em comemoração aos 200 anos da chegada da missão austríaca no Brasil, o Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro inaugura no dia 4 de fevereiro a exposição O mapa de Von Martius ou como se deve escrever a história natural do Brasil. Com curadoria de Julia Kovensky, coordenadora de iconografia do IMS, e Iris Kantor, historiadora e professora da Universidade de São Paulo, a mostra tem como ponto de partida um mapa criado em 1840 por Carl Friedrich Philipp von Martius (1794-1868), botânico alemão, em que ele propôs uma divisão regional para o Brasil a partir de cinco grandes biomas.

Von Martius fez um levantamento muito expressivo da flora brasileira – o maior realizado até os dias de hoje – e, a partir dele, observou um conjunto de cinco biomas: cerrado, caatinga, mata atlântica, selva amazônica e pampa. O biólogo retratou essas paisagens em litografias que foram publicadas em sua monumental obra Flora brasiliensis, composta por 40 volumes apresentando mais de 20 mil espécimes vegetais catalogados, entre 1840 e 1906, incluindo no primeiro volume o mapa produzido em1840. A exposição reúne cerca de 50 dessas paisagens, além de mapas e outras estampas que ajudam a entender a produção desse renomado naturalista do século XIX.

Von Martius foi professor de botânica na Universidade de Berlim e diretor do jardim botânico de Munique, e veio ao Brasil como um dos integrantes da Missão Austríaca, que acompanhou a imperatriz Leopoldina na ocasião de seu casamento com d.Pedro I. Permaneceu no país entre 1817 e 1820 e, em companhia do zoólogo Johann Baptist von Spix, realizou expedições pelas regiões Norte, Nordeste e Sudeste, onde colheu e catalogou uma vasta quantidade de espécimes vegetais.

No acervo de Iconografia do IMS, existem aproximadamente 200 obras de Von Martius, entre elas as Tabulae physiognomicae – pranchas integrantes do primeiro volume da Flora brasiliensis –, uma edição completa de sua Reise in Bresilien, e um álbum de desenhos atribuído ao autor, intitulado Vues du Brésil, ilustrado com 78 imagens da paisagem e da flora brasileira.

SERVIÇO
O mapa de Von Martius ou como se deve escrever a história natural do Brasil
Curadoria: Julia Kovensky e Íris Kantor
Abertura: Visitação: de 4 de fevereiro a 16 de abril
Horário: De terça a domingo, das 11h às 20h
Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro
Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Entrada franca – Classificação livre
Visitas mediadas para grupos: agendar pelo telefone (21) 3284 7485 ou educativo.rj@ims.com.br
Tel.: (21) 3284-7400

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 26 janeiro, 2017 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos