Futura estreia nova temporada da série “Minha Rua”

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 janeiro, 2017 17:37

No dia 13 de janeiro, às 20h30, o Canal Futura estreia a terceira temporada da série Minha Rua. O apresentador Leandro Firmino volta às ruas do Brasil e faz um tour pela Bahia, Ceará, Sergipe, Minas Gerais e Rio de Janeiro, para conhecer mais de perto algumas personalidades já reconhecidas nos locais onde moram pelo trabalho que realizam e carisma com todos a sua volta.

O programa apresenta iniciativas culturais, ecológicas e sociais que têm a rua como seu principal local de realização. O primeiro episódio, que vai ao ar na sexta-feira 13, conta a história e experiências de Victor Lima, jovem cineasta de filmes “trash”. Morador da zona norte do Rio de Janeiro e apaixonado por cinema desde pequeno, Victor junto com seus amigos de infância, criou na adolescência a PCDQA – uma produtora amadora – para realizar os curtas que ele tinha na mente. Hoje, Victor é profissional da área, mas ainda faz filmes com seus amigos e abre espaço para os vizinhos e quem mais tiver interesse em participar.

Além da estreia na tela da TV, a série será disponibilizada no Futuraplay.org, nova plataforma digital do Futura. O acesso é gratuito e irrestrito, sendo possível assistir à programação ao vivo e navegar por um acervo de mais de 900 vídeos. 

MINHA RUA

Estreia: dia 13 de janeiro (sexta-feira), às 20h30

Exibição: sextas-feiras, às 20h30

Reprise: domingo, às 17h30

Duração: 30 min

CONFIRA OS PRIMEIROS EPISÓDIOS

VICTOR LIMA

13 de janeiro (sexta-feira), às 20h30

O episódio narra a história e experiências de Victor Lima, jovem cineasta da zona norte do Rio de Janeiro. Apaixonado por cinema desde pequeno, Victor junto com seus amigos de infância, criou na adolescência a PCDQA – uma produtora amadora – para realizar os curtas que ele tinha na mente. Os curtas, em sua maioria, de terror, envolvem não só os amigos de Victor, como também sua família e vizinhos por trás e na frente das câmeras. Hoje, Victor é profissional da área, mas ainda faz filmes com seus amigos e abre espaço para os vizinhos e quem mais tiver interesse em participar.

CHICO MANCO

20 de janeiro (sexta-feira), às 20h30 

O episódio narra a história e experiências de Chico Manco, fotógrafo à la minuta do Parque Municipal Américo Renné Giannetti, tradicional parque de Belo Horizonte. Mas mais tradicional que a área verde em questão, é a profissão de Chico. A ocupação de fotógrafo lambe-lambe existe desde as primeiras décadas do séc. XIX. O episódio apresenta as transformações ocorridas com a fotografia e com os costumes das pessoas que passaram no parque e pela vida de Chico Manco ao longo dos anos.

BHEGA SILVA

27 de janeiro (sexta-feira), às 20h30

O episódio narra a história e experiências de Bhega Silva, morador da Favela Parque União, localizada na cidade Rio de Janeiro. Bhega desde a infância sonhava em ser músico, mas o que ele não sabia é que quando adulto, se tornaria bem mais que um simples músico. Seria um propagador de paz, alegria e cultura. Bhega trabalha divulgando os comércios locais das favelas do Complexo da Maré, e montado em uma bicicleta, equipada com um caixa de som, Bhega ainda recolhe óleo de cozinha usado para vender para a reciclagem. O dinheiro da venda do óleo é revertido para o Cineminha do Beco, ação desenvolvida por Bhega para levar o cinema às crianças das comunidades. Através do cineminha e de suas canções (sucesso nas rádios comunitárias da Maré), Bhega espalha mensagens carregadas de positividade e cuidado com o meio ambiente por onde passa.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 10 janeiro, 2017 17:37


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel