Atração do Festival Novas Frequências, produtora e artista transexual Elysia Crampton se apresenta em São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 novembro, 2016 14:07

Atração do Festival Novas Frequências, produtora e artista transexual Elysia Crampton se apresenta em São Paulo

A norte-americana de origens bolivianas Elysia Crampton, que vem ao Brasil no mês de dezembro como atração do Festival Novas Frequências, no Rio de Janeiro, também passará por São Paulo, quando toca na festa Transtorno, no dia 2, sexta-feira. Elysia, que é produtora, artista sonora e colagista conceitual, tem como mote de sua obra uma confluência ambiciosa de ideias que sintetizam múltiplas histórias sub-representadas, geografias, gêneros músicais e culturais em um material de pista viciante, colorido e contemporâneo.

O mais recente trabalho da artista, batizado como “Demon City (Break World)”, é um álbum conceitual com participações de Chino Amobi, WhyBe, Rabit e Lexxi, que funciona como um poema épico. Vertido para os palcos e as pistas, “Demon City” se transforma em uma performance batizada “Dissolution of The Sovereign: A Time Slide Into The Future”, uma espécie de peça audiovisual que se desenrola tal como uma apresentação ao vivo, unindo a tradição oral e o legado teatral dos nativos bolivianos Aymara com a visão transfeminista abolicionista de Elysia.

A festa Transtorno, que é um oferecimento do Festival Novas Frequências, ainda terá shows de Mc Linn da Quebrada, DJ set de Renata Prado (Batekoo) e de Tormenta B2B, com Pininga, DJ Whey e Marginal Men.

Bicha, trans, preta e periférica. Nem ator, nem atriz, atroz. Bailarinx, performer e terrorista de gênero. Essas são algumas das referências de MC Linn da Quebrada que, agora, também usa a música – especificamente o gênero funk – como uma ferramenta de transformação social e uma poderosa arma na luta pela quebra dos paradigmas sexuais. Munida de letras políticas, poderosas e dançantes, o show da cantora MC Linn é uma mistura de protesto, artes visuais e dança.

A edição do Festival Novas Frequências, principal evento internacional de música experimental e explorações sonoras da América do Sul, acontece entre os dias 3 e 8 de dezembro, no Rio de Janeiro. A programação acontece em diversos locais da cidade e reúne 44 atrações de 13 países diferentes em atividades que incluem shows, performances resultantes de residências artísticas, festa, discussões, instalações, caminhadas sonoras e, pela primeira vez, uma rodada de negócios e uma ocupação de 16 horas de duração.

O Festival Novas Frequências é fruto da parceria entre os produtores culturais Chico Dub e Tathiana Lopes, e surgiu em 2011 sempre à procura de artistas que rompem com fronteiras pré­estabelecidas em busca de novas linguagens sonoras. Considerado o Melhor Festival do Rio de acordo com o Prêmio Noite Rio 2013, o festival só realiza apresentações inéditas no país. No caso dos artistas nacionais, a curadoria prima por apresentações que nunca ocorreram antes no Rio – seja trazendo artistas de outros estados que ainda não tocaram na cidade ou propondo performances comissionadas de artistas residentes.

SERVIÇO
Elysia Crampton
Data: 2 de dezembro, às 23h
Ingressos: R$ 20 (primeiro lote) ou R$ 30 (na porta)
Vendas online: https://www.sympla.com.br/tt00-com-elysia-crampton-mc-linn-renata-prado-e-tormenta__101438
Transtorno
Local: Morfeus Club – Rua Ana Cintra, 110 – Centro
Line up: Elysia Crampton
MC Linn da Quebrada
DJ Renata Prado
Tormenta  

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 novembro, 2016 14:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec