Beco das Garrafas, no Rio de Janeiro, é cenário de ‘Elis’, filme de Hugo Prata

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 18 novembro, 2016 18:24

Conhecido por receber em seus bares grandes nomes da música brasileira, o Beco das Garrafas foi um dos lugares onde Elis Regina se apresentou ao chegar no Rio de Janeiro. No filme ELIS, que estreia em 24 de novembro com direção de Hugo Prata, cenas importantes foram filmadas no local. Em vídeo do filme, Lucio Mauro Filho, intérprete do produtor Miéle, comenta a importância do reduto da música: “O Beco das Garrafas é a meca da Bossa Nova e um pouco do showbiz brasileiro. E as figuras que passaram por ali são míticas”.

O Beco das Garrafas era considerado uma grande vitrine musical: “Era como se fosse a praia da noite. Onde o pessoal ia, onde a coisa acontecia, o laboratório, aquela espécie de palco onde tudo se pode. Daquele palco um mundo se revelava, um caleidoscópio de imagens de alta qualidade musical”, declara na nova peça Gustavo Machado, que vive Ronaldo Bôscoli.

O longa é uma produção da Bravura Cinematográfica, com distribuição da Downtown Filmes e Paris Filmes e coprodução da Globo Filmes e Academia de Filmes.

Vencedor de três Kikitos no 44º Festival de Gramado – melhor filme pelo júri popular, melhor atriz para Andréia Horta e melhor montagem para Tiago Feliciano -, o longa traz algumas das mais relevantes passagens da carreira e vida pessoal da gaúcha como a chegada ao Rio de Janeiro no dia do Golpe de 1964; o primeiro contato com o boa praça Luiz Carlos Miéle e o charmoso Ronaldo Bôscoli, seu primeiro marido; o rápido sucesso e amadurecimento musical; o terror imposto pelos militares; a parceria amorosa e artística com o pianista César Camargo Mariano, que rendeu espetáculos históricos como “Falso Brilhante”; a maternidade e o fim da vida.

No elenco estão Lucio Mauro Filho, como Miéle; Caco Ciocler, como César Camargo Mariano; Julio Andrade, como o dzi croquette Lennie Dale; Gustavo Machado, como Ronaldo Bôscoli e Zécarlos Machado, como Romeu, pai de Elis. Em participações especiais destacam-se Rodrigo Pandolfo, como Nelson Motta; Isabel Wilker, como Nara Leão; Icaro Silva, como Jair Rodrigues e Natallia Rodrigues. O filme foi rodado no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Paris entre agosto e setembro de 2015.

A vida de Elis Regina – indiscutivelmente a maior cantora brasileira de todos os tempos -, é contada nesta cinebiografia em ritmo energético e pulsante. A trendsetter cultural que sinalizou a mudança de estilos de Bossa Nova para MPB, a “pimentinha” ardente (brilhantemente interpretada por Andréia Horta), que viveu uma vida turbulenta. Ao mesmo tempo em que se chocava com a Ditadura Militar no Brasil, ela lutou com seus próprios demônios pessoais. “Elis”, o filme, está imbuído da alma da cantora e do país que ela amava.

elis-20outubro2016

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 18 novembro, 2016 18:24


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

O MELHOR VERÃO DAS NOSSAS VIDAS

Facebook