MIS recebe exposição sobre o universo do surfe no projeto CAOS ON CANVAS

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 outubro, 2016 10:03

O Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, recebe, de 1º de novembro a 3 de dezembro, a exposição CAOS ON CANVAS. Com entrada gratuita, a mostra acontece no térreo e escadarias do MIS.

Esta é a segunda edição do projeto de intervenção em fotografias, que promove a disruptura da arte, através de uma forma diversificada de estilos, exercitando um novo olhar de seus espectadores sobre as obras apresentadas. O tema da mostra explora o universo do surfe, um esporte que vem conquistando os brasileiros devido ao grande sucesso dos seus atletas no circuito mundial.

O idealizador e curador Didu Losso selecionou imagens do fotógrafo Ricardo Borghi, publicadas em renomados veículos internacionais e nacionais como Surfer Magazine, Surfing Magazine, Surfer’s Jornal e outros, que marcaram momentos importantes do esporte. A partir daí, artistas de diferentes áreas de atuação foram convidados para fazer suas intervenções em cada fotografia – que vão desde a pintura tradicional japonesa até a arte contemporânea. O resultado desse trabalho está materializado em 33 obras, em formatos inusitados, que consolidam vínculos entre artistas nacionais e internacionais nas áreas de design, artes plásticas, música, moda, cinema e tatuagem. Também estarão expostos trabalhos criados por um grupo de artistas com deficiência visual da Associação Laramara.

Dentre os destaques, a exposição conta com nomes como: Tim Armstrong, o americano vocalista e líder da banda de punk rock “Rancid”, que usa acrílico para transformar uma situação ruim em favorável; Akemi Higashi, talentosa tatuadora de renome internacional, que pintou a foto do campeão Adriano de Souza “Mineirinho”; Tul Jutargate, conhecido por seus bordados exclusivos para celebridades da música como Rolling Stones, Pharrell Williams, Kate Perry, Social Distortion e marcas como, Levis, Lucky Brand, entre outras e Fashion Weeks, que fez aplicação nas imagens; Alê Jordão, conhecido por seu trabalho com neon, insere uma lâmpada de 220v na fotografia; Adriano Ricardi, escultor e customizador de carros clássicos e antigos, que faz um trabalho com aço; Revolue, artista em ascensão que usa acrílico, nanquim, spray e massa dourada na foto do surfista Ricardinho, assassinado em 2015, eternizando sua última onda; Sarah Chofakian, designer de sapatos, que usa cristais para fazer brilhar a natureza, sua principal fonte de inspiração.

Completam a exposição obras com intervenções dos artistas: Zilando Freitas, Trevelen Super Co., Tiago Azevedo, Tatiana Wolff, Sunny Phono, Silvia Borghi, Rodrigo Yasuda, René Machado, Pedro Henrique Moutinho, Patrício Mascigrande, Norm, Nervo, Modi, Minhau, Markone, Julio Falaman, JP Possos, Henrique EDMX Montanari, Dio Otra Vita, Diana Motta, Daniel Baccaro, Billy Saga, André Fiorini e o próprio Didu Losso.

Esta segunda edição da mostra CAOS ON CANVAS tem patrocínio do Hotel Unique e já foi exposta no Consulado Geral do Brasil em Los Angeles, de maio a agosto deste ano, alcançando um grande sucesso de visitação. Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas em: www.caosoncanvas.com.br.

SERVIÇO
EXPOSIÇÃO CAOS ON CANVAS
Data: 1º.11 a 3.12
Horário: terças a sábados, das 12h às 20h; domingos e feriados, das 11h às 19h
Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Local: Térreo e Escadaria
Ingressos: Gratuito
Classificação Indicativa: Livre

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 outubro, 2016 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!