Na estreia no Ceará, “O Shaolin do Sertão”, de Halder Gomes, levou 45 mil espectadores aos cinemas

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 18 outubro, 2016 11:56

Lançado na última quinta-feira,13, em sete municípios do Ceará, O Shaolin do Sertão, de Halder Gomes, levou cerca de 45 mil pessoas aos cinemas no primeiro fim semana de estreia. O número foi o dobro de ingressos vendidos se comparado com “Cine Holliúdy”, filme anterior do diretor. “O Shaolin do Sertão” abriu em primeiro lugar em 18 dos 19 cinemas cearenses em que está em cartaz, segundo o ComScore. Com 1290 ingressos por sala, obteve a melhor média de público do final de semana. No outros estados brasileiros, o longa estreia no dia 20 de outubro. Distribuído pela da Downtown Filmes/Paris Filmes, o filme tem coprodução da Globo Filmes, Paramount Pictures, Telecine e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

o-shaolin-do-sertao-1

Quixadá, Ceará, 1982. Esse é o pano de fundo da comédia “O Shaolin do Sertão”, Edmilson Filho interpreta o protagonista Aluízio Li – Liduíno, um padeiro aficionado por filmes de artes marciais, que vive em um mundo de fantasia. Com mentalidade quase inocente, ele acredita ser um monge Shaolin e se comporta – e se veste – como tal, motivo suficiente para ser considerado a chacota da cidade. Ele conta apenas com a amizade do menino Piolho (Igor Jansen), com quem divide as alucinações cheias de referências chinesas que acontecem nos momentos mais inesperados.

Sua vida pacata fica tumultuada depois que o lutador de Vale-Tudo, Tony Tora Pleura (Fábio Goulart), anuncia um tour de desafios por cidades do interior do Ceará, incluindo, Quixadá. É quando Aluízio recebe a missão de defender a honra de sua região e decide enfrentar o valentão no confronto. Ele parte em busca de treinamento e vê mais perto a chance de realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre do Kung Fu e de conquistar o coração de Anésia Shirley (Bruna Hamú), sua grande paixão.

Aluízio Li (Edmilson Filho) é um aficionado por artes marciais, que vive num mundo de fantasias e que se veste e se comporta como um monge Shaolin. Seus dias de paz acabarão quando o ex-lutador de vale-tudo Toni Tora Pleura (Fábio Goulart) anuncia um “tour” de desafios por várias cidades do interior do Ceará, incluindo Quixadá, onde vive Aluízio. Sem credibilidade e vítima de uma trama política oportunista, cabe a ele a difícil missão de defender a honra da região contando apenas com o apoio do inseparável amigo Piolho (Igor Jansen) e com a fé da mãe Dona Zefa (Fafy Siqueira).

o-shaolin-do-sertao-2

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 18 outubro, 2016 11:56


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!