Nova temporada do Cine Conhecimento apresenta clássicos nacionais e internacionais

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 23 setembro, 2016 14:52

Para comemorar os 19 anos do Futura, o canal estreia a nova temporada do Cine Conhecimento com mostras especiais dedicadas a Billy Wilder, Woody Allen e Mazzaroppi, além de filmes norte-americanos com uma seleção que reúne Martin Scorsese, Stanley Kubrick, Robert Altman, John Houston e Orson Welles. A partir do dia 24 de setembro (sábado), às 22h, a nova temporada do Cine Conhecimento apresenta quatro grandes mostras com filmes nacionais e internacionais. Sob o comando de Lorena Calábria, que ressalta aspectos históricos, culturais, sociais e comportamentais das produções cinematográficas, o Cine é exibido sempre aos sábados, 22h, com reprises aos domingos no mesmo horário.

cine-conhecimento-billy-wilder-woody-allen-mazzaroppi-1

Em homenagem ao cineasta norte-americano Billy Wilder, uma das mostras apresenta três títulos de sucesso dos anos 1960 e 1970: “Se meu apartamento falasse” (The Apartment), “Quanto Mais Quente Melhor” (Some Like it Hot) e “A vida íntima de Sherlock Holmes” (The Privet Life of Sherlock Holmes).

O espectador também vai rir e se emocionar com cinco filmes do aclamado diretor, roteirista e ator Woody Allen. A mostra que leva seu nome traz clássicos premiados em diversos festivais como “Noivo neurótico, noiva nervosa” e “Manhattan”.

O cinema nacional vem representado com a mostra Mazzaroppi, que apresenta quatro filmes do consagrado diretor e ator brasileiro, criador do personagem Jeca Tatu: “O Jeca contra o capeta”, “O Jeca Macumbeiro”, “Betão Ronca Ferro” e “Jecão…Um fofoqueiro no céu”. Já o cinema norte-americano também é homenageado com uma seleção que reúne Martin Scorsese, Stanley Kubrick, Robert Altman, John Houston e Orson Welles em uma única mostra.

Para completar a temporada 2016, o Cine Conhecimento traz ainda títulos de peso como “Oliver Twist”, “Hair”, “Amor, sublime amor”, entre outros.

CINE CONHECIMENTO 2016

Estreia: 24 de setembro (sábado), às 22h
Reprise: domingos, às 22h
Filme de estreia: Oliver Twist, de David Lean

O jovem órfão Oliver (John Howard Davies) é mandado para um reformatório, é castigado e perseguido, mas encontra num velho trapaceiro chamando Fagin (Alec Guiness), a falsa ilusão da liberdade. Este o ensinará a roubar e a sobreviver num mundo de canalhas e ladrões onde parece não existir qualquer bondade. Apoiado em sua maestria técnica, Lean cria um retrato amargo e poético da Inglaterra vitoriana.

CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS MOSTRAS E OS FILMES:

MOSTRA BILLY WILDER

Se Meu Apartamento Falasse (“The Apartment”)
Diretor: Billy Wilder
Ano: 1960

Um funcionário ambicioso (Jack Lemmon) descobre um atalho para subir na companhia em que trabalha: ceder seu apartamento para os encontros amorosos de seus chefes. A tática inicialmente dá certo, mas passa a ser ameaçada quando ele se apaixona pela amante de um de seus chefes (Shirley MacLaine).

A Vida Íntima de Sherlock Holmes (“The Private Life of Sherlock Holmes”)
Diretor: Billy Wilder
Ano: 1970

Quando o detetive Sherlock Holmes (Robert Stephens) e seu ajudante Watson (Colin Blakely) investigam o desaparecimento do marido da bela Gabrielle Valladon (Genevieve Page), Holmes acaba se apaixonando pela primeira vez na vida. Além de um primeiro amor, este caso envolve não somente o sumiço de um homem, mas também vício em drogas, homossexualismo, seis anões perdidos, monges vilanescos, um castelo escocês, o monstro do Lago Ness e experimentos navais secretos. Os relatos da vida íntima do detetive são narrados a partir de supostos escritos póstumos de Watson.

Quanto mais Quente Melhor (“Some Like it Hot”)
Diretor: Billy Wilder
Ano: 1959

Chicago, 1929. Joe (Tony Curtis) e Jerry (Jack Lemmon) são músicos desempregados, que estão desesperados por trabalho. Eles acidentalmente testemunham o Massacre do Dia de São Valentim, assistindo o criminoso Spats Colombo (George Raft) e seu cúmplice aniquilarem Toothpick Charlie (George E. Stone) e sua gangue. Forçados a apressadamente deixarem a cidade, Joe e Jerry pegam o primeiro trabalho que podem arrumar: tocar na banda de garotas da Sweet Sue (Joan Shawlee) e suas Sincopadoras. Em trajes femininos, os dois se juntam ao resto da banda em um trem que vai para Miami, Flórida, onde adoram os nomes artísticos Josephine e Daphne.

MOSTRA WOODY ALLEN

Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (“Annie Hall”)
Diretor: Woody Allen
Ano: 1977

Alvy Singer (Woody Allen), um humorista judeu e divorciado que faz análise há quinze anos, acaba se apaixonando por Annie Hall (Diane Keaton), uma cantora em início de carreira com uma cabeça um pouco complicada. Em um curto espaço de tempo eles decidem morar juntos, mas depois de um certo período, crises conjugais começam a distanciar os dois.

Bananas (“Bananas”)
Diretor: Woody Allen
Ano: 1971

Fielding Mellish (Woody Allen), um testador de produtos de uma grande firma, é apaixonado por Nancy (Louise Lasser), uma ativista política. Ele assiste manifestações e tenta provar da sua maneira que é merecedor do amor dela, mas Nancy quer alguém com maior potencial de liderança. Fielding vai então para San Marcos, uma republiqueta na América Central, e lá se une aos rebeldes, eventualmente tornando-se o presidente do país. Durante uma viagem, Fielding reencontra Nancy novamente e ela se apaixona por ele, agora um líder político.

Interiores (“Interiors”)

Diretor: Woody Allen
Ano: 1978

Renata (Dianne Keaton), Joey (Mary Beth Hurt) e Flyn (Kristin Griffith) são irmãs que pouco se conhecem, já que escondem seus medos e vontades. Elas fazem parte de uma família burguesa, capitaneada por Arthur (E.G. Marshall) e Eve (Geraldine Page). Quando Arthur anuncia que pretende se divorciar para viver com outra mulher, a família entra em crise.

A Última Noite de Boris Grushenko (“Love and Death”)
Diretor: Woody Allen
Ano: 1975

Às vésperas de ser executado pelos franceses por um assassinato que não cometeu, um russo recorda toda a sua vida desde criança até ser forçado a se alistar e defender seu país da invasão napoleônica, que ironicamente lhe propiciou condecorações quando se tornou acidentalmente um herói. Sua situação se complica ao casar com a mulher que sempre amou, que planeja matar Napoleão.

Manhattan (“Manhattan”)
Diretor: Woody Allen
Ano: 1979

Um escritor de meia-idade divorciado (Woody Allen) vê-se em uma situação constrangedora quando sua ex-mulher decide viver com uma amiga e publicar um livro, no qual revela assuntos muito particulares do relacionamento deles. Apaixonado por uma jovem de 17 anos (Mariel Hemingway),  ele também se sente atraído por uma pessoa mais madura, a amante do seu melhor amigo, que é casado.

MOSTRA MAZZAROPPI

O Jeca contra o Capeta
Diretor: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi
Ano: 1975

A história do filme se passa numa cidadezinha em que um bandido famoso é morto e as suspeitas caem sobre o filho de Mazzaropi. Enquanto tenta provar não ser o malfeitor, ele também enfrenta uma amiga lhe obriga a assinar os papeis de divórcio com a esposa e casar-se com ela.

O Jeca Macumbeiro
Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi
Ano: 1974

Pirola é um pobre caboclo que vive com seu filho Zé na fazenda do patrão, o coronel Januário. Um dia, ele recebe a visita de seu amigo Nhonhô que, sentindo-se perto da morte, leva-lhe de presente um grande saco de dinheiro. Ingênuo e transtornado, Pirola não sabe o que fazer com o dinheiro e acaba levando-o a seu patrão, confiando-lhe a fortuna. Januário, que, sem que ninguém saiba, está às portas da falência, utiliza um estranho estratagema, apropriando-se do dinheiro de Pirola e fazendo-se passar por um falso pai-de-santo.

Betão Ronca Ferro
Diretor: Geraldo Afonso Miranda
Ano: 1970

O empregado de um cirquinho mambembe tem seu emprego ameaçado depois que sua filha se casa e deixa o espetáculo.

Jecão… Um Fofoqueiro no Céu
Diretor: Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi
Ano: 1977

Jecão e seu filho Martinho vão a São Paulo receber o dinheiro que ganharam na loteria esportiva, e quando regressam à cidadezinha onde moram, são recebidos com festa. A fortuna desperta a cobiça de um fazendeiro da região, Chico Fazenda, que, com seus capangas, assalta Jecão e acaba por matá-lo. Por suas boas ações, Jecão vai para o céu, mas por duas vezes ludibria seu anjo protetor e volta a Terra para ajudar a prender seu assassino.

FILMES NORTE-AMERICANOS

Sexy e Marginal (“Boxcar Bertha”)
Diretor: Martin Scorsese
MGM
Ano: 1972

Durante a época da depressão, Bertha Thompson (Barbara Hershey) viu seu pai ser forçado a pilotar um avião em condições precárias e morrer em um acidente. Ela liga para se envolve com “Big” Bill Shelley (David Carradine), um líder sindical que na “caça às bruxas” característica da época macarthista, era considerado um comunista.

Frankie e Johnny (“Frankie and Johnny”)
Diretor: Frederick de Cordova
Ano: 1966

Johnny (Elvis Presley) é um apostador azarado que vê seu destino mudar quando conhece uma dançarina chamada Nellie (Nancy Kovack). Frankie (Donna Douglas), assim como Johnny, pertence a um grupo teatral que apresenta três vezes por semana o musical Frankie and Johnny.

Hair (“Hair”)
Diretor: Miloš Forman
Ano: 1979

Claude (John Savage), um jovem do Oklahoma que foi recrutado para a guerra do Vietnã, é “adotado” em Nova York por um grupo de hippies comandados por Berger (Treat Williams), que como seus amigos, tem conceitos nada convencionais sobre o comportamento social e tenta convencê-lo dos absurdos da atual sociedade. Lá Claude também se apaixona por Sheila (Beverly D’Angelo), uma jovem proveniente de uma rica família.

O Grande Golpe (“The Killing”)
Diretor: Stanley Kubrick
Ano: 1956

Johny Clay é um fora-da-lei que, após sair da prisão, começa a pensar em um plano que dará, para ele e seus comparsas, ganhos de US$ 2 milhões. Todo o planejamento ameaça ruir quando o amante da esposa de um dos integrantes do bando começa a se meter nas ideias do grupo.

Um Perigoso Adeus (“The Long Goodbye”)
Diretor: Robert Altman
Ano: 1973

O detetive Philip Marlowe (Elliott Gould) dá carona ao amigo Terry Lennox (Jim Bouton) até Tijuana. Pouco tempo depois, Marlowe descobre pela polícia que Lennox cometeu suicídio. Enquanto investiga o que de fato aconteceu, ele é contratado por uma bela mulher que deseja encontrar o marido alcoólatra que está desaparecido.

Os Desajustados (“The Misfits”)
Diretor: John Huston
Ano: 1961

Roslyn Taber (Marilyn Monroe) é uma mulher sensível, que está se divorciando. Gay Langland (Clark Gable) é um cowboy frio, que passou a vida pegando cavalos e mulheres divorciadas. Ela não aceita a captura de cavalos selvagens para virarem comida de cachorro, enquanto ele não vê nada demais. No meio de tudo isto, nasce uma paixão entre os dois.

Moby Dick (“Moby Dick”)
Diretor: John Huston
Ano: 1956

O último sobrevivente de um barco naufragado relata a história de seu capitão Ahab (Gregory Peck), um homem obsessivo e auto-destrutivo que inicia uma caçada em busca da baleia Moby Dick.

O Estranho (“The Stranger”)
Diretor: Orson Welles
Ano: 1946

o nazista Franz Kindler, idealizador dos campos de extermínio. Acompanhado de Meinike (Konstantin Shayne), que conheceu pessoalmente o criminoso, Wilson segue as pistas que levam até uma cidade universitária em Connecticut, onde vive o perfeito e insuspeito casal Charles Rankin (Orson Welles) e Mary Longstreet (Loretta Young).

Amor, Sublime Amor (“West Side Story”)
Diretor: Robert Wise e Jerome Robbins
Ano: 1961

No lado oeste de Nova York, à sombra dos arranha-céus, ficam os guetos de imigrantes e classes menos favorecidas. Duas gangues, os porto-riquenhos Sharks, e os Jets, brancos de origem anglo-saxônica, disputam a área, seguindo um código próprio de guerra e honra. Tony (Richard Beymer), antigo líder dos Jets, se apaixona por Maria (Natalie Wood), irmã do líder dos Sharks. A paixão dos dois fere princípios em ambos os lados, acirrando ainda mais a disputa.

Um Alguém Apaixonado (“Like Someone in Love”)
Diretor: Abbas Kiarostami
Ano: 2012

Um senhor e uma jovem se encontram em Tóquio. Ela não sabe nada sobre ele, e ele acha que a conhece. Ele a convida para sua casa, ela lhe oferece seu corpo. Mas nada o que se constrói entre eles no espaço de 24 horas tem a ver com as circunstâncias deste encontro.

Lunchbox (nome indiano: “Dabba”)
Diretor: Ritesh Batra
Ano: 2013

O Mumbai Dabbawallahs é um serviço de entrega de comida muito conhecido na região, na Índia. Um dia, um erro nas entregas faz com que Saajan, um solitário viúvo, conheça Ila, uma dona de casa infeliz no casamento. Os dois começam a se corresponder e, juntos, criam um mundo de fantasias, trocando mensagens que são levadas nas embalagens do Mumbai Dabbawallahs.

Era uma vez eu, Verônica (“Once Upon a Time, Veronica”)
Diretor: Marcelo Gomes
Ano: 2012

O filme revela as reflexões de Verônica, uma estudante de medicina recém-formada, passando por um momento de incertezas. Ela questiona não só suas escolhas profissionais, como suas relações mais íntimas e até mesmo sua capacidade de lidar com a vida.

Oliver Twist (“Oliver Twist”)
Diretor: David Lean
Ano: 1948

O jovem órfão Oliver (John Howard Davies) é mandado para um reformatório, é castigado e perseguido, mas encontra num velho trapaceiro chamando Fagin (Alec Guiness), a falsa ilusão da liberdade. Este o ensinará a roubar e a sobreviver num mundo de canalhas e ladrões onde parece não existir qualquer bondade. Apoiado em sua maestria técnica, Lean cria um retrato amargo e poético da Inglaterra vitoriana.

A Última Vez que Vi Paris (“The Last Time I Saw Paris”)
Diretor: Richard Brooks
Ano: 1954

Na Paris do pós-guerra, o ex-militar e escritor Charles Wills (o galã Van Johnson, de Pelo Amor de meu Amor) vive uma forte paixão por Helen Ellswirth (Elizabeth Taylor no auge de sua beleza). O romance termina em casamento. Com o tempo, o casal começa a enfrentar os problemas do matrimônio. Baseado em conto do genial escritor F. Scott Fitzferald (O Grande Gatsby), A Última Vez que Vi Paris é um dos grandes melodramas hollywoodianos dos anos 50.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 23 setembro, 2016 14:52


Escreva um comentário

2 Comentários

  1. israel novembro 11, 00:56

    oi bom dia .eu gostaria de assistir ai nos classicos da cultura os filmes corcunda de notredame 1939 dubladoo medico eo monstro 1941 dublado,e o fantastico doctor dolittle 1967 dublado obrigado.

    Responder a esse comentário
  2. Francisco Carlos Barbosa Dos Santos março 22, 15:58

    Olá , super boa tarde !
    Gostaria de assistir filmes iranianos a maçã etc… também Dr Jivago 2002

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook